Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 17 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Projeto de S.Caetano será apresentado em conferência da Unesco

Ricardo Trida/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Trabalho de alunos da Escola Municipal Alcina Dantas Feijão aborda a importância de gestos simples para a preservação dos recursos naturais


Natália Fernandjes
Do Diário do Grande ABC

12/11/2015 | 07:00


Com a proposta de mostrar que pequenos gestos também são importantes para reduzir a emissão de poluentes e o consumo de recursos naturais, alunos do curso técnico de Publicidade e Propaganda da Escola Municipal Alcina Dantas Feijão, em São Caetano, criaram campanha com cerca de 50 ações conceituais. O projeto está entre os 55 selecionados de 11 países para participar da Conferência das Partes sobre Mudanças Climáticas das Nações Unidas 2015, entre os dias 30 de novembro a 11 de dezembro em Paris, na França.

Minibilhetes com frases curtas do tipo “Abra a janela”, “A escada é logo ali”, “Adote um copo”, foram espalhados pela instituição para chamar a atenção da comunidade escolar sobre o tema. “Nossa proposta foi fazer o simples com pouco. Mostrar que qualquer um pode pensar em soluções criativas para economizar recursos”, destaca o vice-diretor e coordenador do projeto, Luiz Cruz. Ele apresentará o projeto na conferência.

Para a aluna integrante da ação Nubia Boffo Coutinho, 18 anos, uma das curiosidades é perceber a mudança de hábitos no dia a dia a partir da conscientização. “Passei a usar garrafinha ao invés do copo descartável para beber água. Questionamos a quantidade de lixo que produzimos”, diz.

Já a jovem Ana Carolina Alencar, 17, ressalta a importância de conscientizar os alunos de que eles dividem o mundo com outros seres vivos. “Trocamos o som do sinal por sons de animais e da natureza. A reação das pessoas foi muito legal. Hoje uma das coisas que mais me incomodam é o desperdício de papel”, ressalta. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Projeto de S.Caetano será apresentado em conferência da Unesco

Trabalho de alunos da Escola Municipal Alcina Dantas Feijão aborda a importância de gestos simples para a preservação dos recursos naturais

Natália Fernandjes
Do Diário do Grande ABC

12/11/2015 | 07:00


Com a proposta de mostrar que pequenos gestos também são importantes para reduzir a emissão de poluentes e o consumo de recursos naturais, alunos do curso técnico de Publicidade e Propaganda da Escola Municipal Alcina Dantas Feijão, em São Caetano, criaram campanha com cerca de 50 ações conceituais. O projeto está entre os 55 selecionados de 11 países para participar da Conferência das Partes sobre Mudanças Climáticas das Nações Unidas 2015, entre os dias 30 de novembro a 11 de dezembro em Paris, na França.

Minibilhetes com frases curtas do tipo “Abra a janela”, “A escada é logo ali”, “Adote um copo”, foram espalhados pela instituição para chamar a atenção da comunidade escolar sobre o tema. “Nossa proposta foi fazer o simples com pouco. Mostrar que qualquer um pode pensar em soluções criativas para economizar recursos”, destaca o vice-diretor e coordenador do projeto, Luiz Cruz. Ele apresentará o projeto na conferência.

Para a aluna integrante da ação Nubia Boffo Coutinho, 18 anos, uma das curiosidades é perceber a mudança de hábitos no dia a dia a partir da conscientização. “Passei a usar garrafinha ao invés do copo descartável para beber água. Questionamos a quantidade de lixo que produzimos”, diz.

Já a jovem Ana Carolina Alencar, 17, ressalta a importância de conscientizar os alunos de que eles dividem o mundo com outros seres vivos. “Trocamos o som do sinal por sons de animais e da natureza. A reação das pessoas foi muito legal. Hoje uma das coisas que mais me incomodam é o desperdício de papel”, ressalta. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;