Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Ruas na Vila Jerusalém estão sem iluminação pública há uma semana

Celso Luiz/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Moradores temem assaltos; Prefeitura promete solução para hoje


Yago Delbuoni
Especial para o Diário

06/11/2015 | 07:00


 Escuridão. É assim que as ruas da Vila Jerusalém, na região do bairro Demarchi, em São Bernardo, estão há pelo menos uma semana. E as consequências da situação são o aumento da sensação de insegurança e casos de assalto.

Conforme relatos dos moradores, nesta última semana o bairro teve dois casos de roubo. Segundo eles, as reclamações feitas à Prefeitura não surtem efeito. A falta de iluminação afeta as ruas Armando Backs, Silvio Galante e um trecho da Santa Dalmolin Demarchi. A reportagem do Diário esteve no local na noite de quarta-feira, mas apenas parte do problema foi resolvido.

O ferramenteiro Robson Eduardo Lima Reis, 42 anos, mora no bairro desde que nasceu e disse não se sentir seguro. “Acredito que os casos de roubo que aconteceram no período têm relação com o fato de não haver luz. Minha filha tem 11 anos e não a deixo ficar na rua depois que escurece.”

Reis disse que precisou alterar o caminho que faz para voltar do trabalho. “A diferença entre o trajeto que eu faria e o que sou obrigado, para fugir dos pontos de escuridão, é de 20 minutos a mais.”

A aposentada, Maria de Lourdes Luca, 65, também reclama. “De noite não tem como sair de casa. Não me arrisco. É muito perigoso. Falta interesse da Prefeitura em arrumar, porque se eles quisessem consertar a iluminação, o problema já estaria resolvido.”

A dona de casa Valderez Graziano Alba Lopez, 58, também evita sair à noite. “Durante o dia já é perigoso, por conta dos assaltos. Sem iluminação fica bem pior.”

Por meio de nota, a Prefeitura de São Bernardo informou que na quarta-feira foram restabelecidos alguns pontos na Rua Armando Backs, mas a atividade teve de ser interrompida por conta da chuva no momento da manutenção. A administração prevê finalizar o serviço ainda hoje.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ruas na Vila Jerusalém estão sem iluminação pública há uma semana

Moradores temem assaltos; Prefeitura promete solução para hoje

Yago Delbuoni
Especial para o Diário

06/11/2015 | 07:00


 Escuridão. É assim que as ruas da Vila Jerusalém, na região do bairro Demarchi, em São Bernardo, estão há pelo menos uma semana. E as consequências da situação são o aumento da sensação de insegurança e casos de assalto.

Conforme relatos dos moradores, nesta última semana o bairro teve dois casos de roubo. Segundo eles, as reclamações feitas à Prefeitura não surtem efeito. A falta de iluminação afeta as ruas Armando Backs, Silvio Galante e um trecho da Santa Dalmolin Demarchi. A reportagem do Diário esteve no local na noite de quarta-feira, mas apenas parte do problema foi resolvido.

O ferramenteiro Robson Eduardo Lima Reis, 42 anos, mora no bairro desde que nasceu e disse não se sentir seguro. “Acredito que os casos de roubo que aconteceram no período têm relação com o fato de não haver luz. Minha filha tem 11 anos e não a deixo ficar na rua depois que escurece.”

Reis disse que precisou alterar o caminho que faz para voltar do trabalho. “A diferença entre o trajeto que eu faria e o que sou obrigado, para fugir dos pontos de escuridão, é de 20 minutos a mais.”

A aposentada, Maria de Lourdes Luca, 65, também reclama. “De noite não tem como sair de casa. Não me arrisco. É muito perigoso. Falta interesse da Prefeitura em arrumar, porque se eles quisessem consertar a iluminação, o problema já estaria resolvido.”

A dona de casa Valderez Graziano Alba Lopez, 58, também evita sair à noite. “Durante o dia já é perigoso, por conta dos assaltos. Sem iluminação fica bem pior.”

Por meio de nota, a Prefeitura de São Bernardo informou que na quarta-feira foram restabelecidos alguns pontos na Rua Armando Backs, mas a atividade teve de ser interrompida por conta da chuva no momento da manutenção. A administração prevê finalizar o serviço ainda hoje.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;