Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 5 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

William Dib desaparece de cenário em S.Bernardo

Orlando Filho/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ex-prefeito, que colocou nome em disputa pela Prefeitura no PSDB, não é visto há três meses


Leandro Baldini
Do Diário do Grande ABC

09/08/2015 | 07:00


Ex-deputado federal e ex-prefeito de São Bernardo, William Dib (PSDB), que colocou o nome na disputa pelo comando do Paço na eleição do ano que vem, desapareceu do cenário político há pelo menos três meses e lançou série de dúvidas nos bastidores sobre futuro.

O abandono em atividades eleitoreiras pela cidade foi refletido na última rodada de sondagens feita pelo DGABC Pesquisas, encomendada pelo Diário e veiculada no domingo, sobre intenções de voto para 2016. De todos os postulantes, colocados em cenários estimulados, Dib foi o que apresentou maior queda entre preferência do eleitorado. O tucano teve o nome citado por 5,8% dos entrevistados, diante dos 8% que havia conquistado em fevereiro.

O novo índice levou o ex-prefeito à última posição, em empate com o possível nome do PT para a disputa, o secretário de Serviços Urbanos, Tarcisio Secoli.

O desaparecimento de Dib das rodas políticas se acentuou após executiva estadual do PSDB alçar o deputado estadual Orlando Morando como presidente municipal da legenda, em maio. Desafeto de Morando, o ex-prefeito chegou a iniciar tratativas de migração partidária com dirigentes de outras legendas de menor expressão. A empreitada, porém, fracassou.

A última movimentação mais explícita de Dib ocorreu no fim de abril, quando se encontrou algumas vezes com o também ex-prefeito Mauricio Soares (PT), presidente da Fundação Criança. Na época, Mauricio anunciou que estava deixando o PT, em meio a duras críticas ao petismo e ao governo do prefeito Luiz Marinho (PT), admitindo que poderia concorrer novamente à eleição municipal. Os políticos dialogaram algumas vezes e chegaram a ensaiar possível dobrada. Mas nada caminhou para frente.

Coordenador regional do PSDB, Márcio Canuto confirmou que o ex-prefeito “há muitos meses” tem se ausentado das discussões e reuniões partidárias. “O Dib nunca me procurou para tratar de eleição. Não fez qualquer conversa até mesmo no diretório estadual. Esse comportamento é complicado e por isso o partido vem trabalhando no apoio ao Orlando. O ideal seria que nos procurasse para uma conversa e definisse seu futuro, independentemente da decisão. Prefiro que seja ao nosso lado”, pontuou.

Dib não foi localizado para comentar o assunto. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

William Dib desaparece de cenário em S.Bernardo

Ex-prefeito, que colocou nome em disputa pela Prefeitura no PSDB, não é visto há três meses

Leandro Baldini
Do Diário do Grande ABC

09/08/2015 | 07:00


Ex-deputado federal e ex-prefeito de São Bernardo, William Dib (PSDB), que colocou o nome na disputa pelo comando do Paço na eleição do ano que vem, desapareceu do cenário político há pelo menos três meses e lançou série de dúvidas nos bastidores sobre futuro.

O abandono em atividades eleitoreiras pela cidade foi refletido na última rodada de sondagens feita pelo DGABC Pesquisas, encomendada pelo Diário e veiculada no domingo, sobre intenções de voto para 2016. De todos os postulantes, colocados em cenários estimulados, Dib foi o que apresentou maior queda entre preferência do eleitorado. O tucano teve o nome citado por 5,8% dos entrevistados, diante dos 8% que havia conquistado em fevereiro.

O novo índice levou o ex-prefeito à última posição, em empate com o possível nome do PT para a disputa, o secretário de Serviços Urbanos, Tarcisio Secoli.

O desaparecimento de Dib das rodas políticas se acentuou após executiva estadual do PSDB alçar o deputado estadual Orlando Morando como presidente municipal da legenda, em maio. Desafeto de Morando, o ex-prefeito chegou a iniciar tratativas de migração partidária com dirigentes de outras legendas de menor expressão. A empreitada, porém, fracassou.

A última movimentação mais explícita de Dib ocorreu no fim de abril, quando se encontrou algumas vezes com o também ex-prefeito Mauricio Soares (PT), presidente da Fundação Criança. Na época, Mauricio anunciou que estava deixando o PT, em meio a duras críticas ao petismo e ao governo do prefeito Luiz Marinho (PT), admitindo que poderia concorrer novamente à eleição municipal. Os políticos dialogaram algumas vezes e chegaram a ensaiar possível dobrada. Mas nada caminhou para frente.

Coordenador regional do PSDB, Márcio Canuto confirmou que o ex-prefeito “há muitos meses” tem se ausentado das discussões e reuniões partidárias. “O Dib nunca me procurou para tratar de eleição. Não fez qualquer conversa até mesmo no diretório estadual. Esse comportamento é complicado e por isso o partido vem trabalhando no apoio ao Orlando. O ideal seria que nos procurasse para uma conversa e definisse seu futuro, independentemente da decisão. Prefiro que seja ao nosso lado”, pontuou.

Dib não foi localizado para comentar o assunto. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;