Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Nigeriano é preso em SP acusado de tráfico de drogas


Do Diário OnLine

05/11/2003 | 00:05


O nigeriano Patrick Obiakor, 38 anos, foi preso em flagrante em São Paulo, na noite de segunda-feira, acusado de tráfico de drogas. Na casa onde ele foi encontrado, na rua Toledo Castelanos, Parque do Carmo, o Departamento de Investigações sobre Narcóticos (Denarc) apreendeu 20 quilos de cocaína.

Obiakor vinha sendo investigado pela polícia havia dois meses. A droga era enviada por ele à Europa dentro de cartas, compressores, pistões de caminhão e, até mesmo, camuflada em chinelos. As peças eram embarcadas em navio até o destino, e em algumas ocasiões o nigeriano também utilizava os correios.

"Apreendemos 13 envelopes endereçados a Portugal, com cocaína", afirmou o delegado Eduardo Nardi. Em cada envelope o acusado mandava 30 gramas da droga. Havia ainda cartas endereçadas a Portugal e à Holanda. Muitos tinham como destinatário o mesmo endereço, mas com nomes diferentes.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Nigeriano é preso em SP acusado de tráfico de drogas

Do Diário OnLine

05/11/2003 | 00:05


O nigeriano Patrick Obiakor, 38 anos, foi preso em flagrante em São Paulo, na noite de segunda-feira, acusado de tráfico de drogas. Na casa onde ele foi encontrado, na rua Toledo Castelanos, Parque do Carmo, o Departamento de Investigações sobre Narcóticos (Denarc) apreendeu 20 quilos de cocaína.

Obiakor vinha sendo investigado pela polícia havia dois meses. A droga era enviada por ele à Europa dentro de cartas, compressores, pistões de caminhão e, até mesmo, camuflada em chinelos. As peças eram embarcadas em navio até o destino, e em algumas ocasiões o nigeriano também utilizava os correios.

"Apreendemos 13 envelopes endereçados a Portugal, com cocaína", afirmou o delegado Eduardo Nardi. Em cada envelope o acusado mandava 30 gramas da droga. Havia ainda cartas endereçadas a Portugal e à Holanda. Muitos tinham como destinatário o mesmo endereço, mas com nomes diferentes.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;