Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Em 2016, eleição promete em Rio Grande


Beto Silva
Do Diário do Grande ABC

11/10/2014 | 07:00


As disputas eleitorais nas sete cidades do Grande ABC em 2016 prometem ser tão tensas quanto acirradas. Mas um dos cenários mais interessantes será instado em Rio Grande da Serra. Há muitos elementos peculiares que tornarão interessante o pleito no menor município da região. Na corrida presidencial deste ano, o prefeito Gabriel Maranhão, que é tucano, anunciou voto e apoio à candidatura de Dilma Rousseff (PT). Ele argumenta que o governo federal tem dado atenção especial à cidade, com envio de verba para diversos projetos. O resultado eleitoral em Rio Grande refletiu a disposição do chefe do Executivo. A petista venceu no local com 36,78% dos votos. Marina Silva foi a segunda, com 31,18%. Aécio Neves (PSDB) ficou na terceira posição, com 26,65%. Bom para Maranhão, momentaneamente. Isso porque daqui a dois anos o tucano terá de enfrentar o candidato do PT, provavelmente Claudinho da Geladeira. E o petista vai querer capitalizar para ele os investimentos feitos pelo governo federal em Rio Grande. A confusão está instalada desde já. No meio político a situação já é de tensionamento. O eleitorado também se mostra dividido. Em 2012, o tucano Gabriel Maranhão foi o escolhido, amparado pela popularidade do antecessor Adler Kiko Teixeira (PSC). Em 2014, a cidade se mostrou simpática à petista Dilma Rousseff. Como se comportará a população em 2016? Essa é a pergunta que se faz desde já no município.

Dedicação total...
Prefeito de Santo André, Carlos Grana (PT) se licenciou do cargo ontem para se dedicar integralmente à campanha de Dilma Rousseff (PT). Com ele se afastaram também Tiago Nogueira (PT-secretário de Relações Institucionais), Cícero Martinha (PT-Trabalho e Renda) e Remígio Todeschini (PT-Instituto de Previdência). Paço está nas mãos da vice, Oswana Fameli (PRP).

... mas nem tanto
Na reunião do PT, quinta-feira, em São Paulo, faltou o prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho (PT), que até então coordena a campanha de Dilma no Estado. Mas, depois do desempenho insatisfatório da presidente em território paulista, parece que Alexandre Padilha e Emidio de Souza tomaram as rédeas da situação. Nos bastidores comenta-se que Marinho tem priorizado projetos pessoais.

Recauchutou
A criatividade do povo brasileiro sempre se aflora nos momentos mais difíceis. Durante as campanhas eleitorais não é diferente. Veja na foto ao lado o ‘uso racional’ do material de divulgação dos candidatos que certamente iria para o lixo. Um borracheiro de Diadema inverteu o cavalete para dar publicidade ao seu comércio. Não fosse o local instalado, em que atrapalha o trânsito, ficaria mais útil assim. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Em 2016, eleição promete em Rio Grande

Beto Silva
Do Diário do Grande ABC

11/10/2014 | 07:00


As disputas eleitorais nas sete cidades do Grande ABC em 2016 prometem ser tão tensas quanto acirradas. Mas um dos cenários mais interessantes será instado em Rio Grande da Serra. Há muitos elementos peculiares que tornarão interessante o pleito no menor município da região. Na corrida presidencial deste ano, o prefeito Gabriel Maranhão, que é tucano, anunciou voto e apoio à candidatura de Dilma Rousseff (PT). Ele argumenta que o governo federal tem dado atenção especial à cidade, com envio de verba para diversos projetos. O resultado eleitoral em Rio Grande refletiu a disposição do chefe do Executivo. A petista venceu no local com 36,78% dos votos. Marina Silva foi a segunda, com 31,18%. Aécio Neves (PSDB) ficou na terceira posição, com 26,65%. Bom para Maranhão, momentaneamente. Isso porque daqui a dois anos o tucano terá de enfrentar o candidato do PT, provavelmente Claudinho da Geladeira. E o petista vai querer capitalizar para ele os investimentos feitos pelo governo federal em Rio Grande. A confusão está instalada desde já. No meio político a situação já é de tensionamento. O eleitorado também se mostra dividido. Em 2012, o tucano Gabriel Maranhão foi o escolhido, amparado pela popularidade do antecessor Adler Kiko Teixeira (PSC). Em 2014, a cidade se mostrou simpática à petista Dilma Rousseff. Como se comportará a população em 2016? Essa é a pergunta que se faz desde já no município.

Dedicação total...
Prefeito de Santo André, Carlos Grana (PT) se licenciou do cargo ontem para se dedicar integralmente à campanha de Dilma Rousseff (PT). Com ele se afastaram também Tiago Nogueira (PT-secretário de Relações Institucionais), Cícero Martinha (PT-Trabalho e Renda) e Remígio Todeschini (PT-Instituto de Previdência). Paço está nas mãos da vice, Oswana Fameli (PRP).

... mas nem tanto
Na reunião do PT, quinta-feira, em São Paulo, faltou o prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho (PT), que até então coordena a campanha de Dilma no Estado. Mas, depois do desempenho insatisfatório da presidente em território paulista, parece que Alexandre Padilha e Emidio de Souza tomaram as rédeas da situação. Nos bastidores comenta-se que Marinho tem priorizado projetos pessoais.

Recauchutou
A criatividade do povo brasileiro sempre se aflora nos momentos mais difíceis. Durante as campanhas eleitorais não é diferente. Veja na foto ao lado o ‘uso racional’ do material de divulgação dos candidatos que certamente iria para o lixo. Um borracheiro de Diadema inverteu o cavalete para dar publicidade ao seu comércio. Não fosse o local instalado, em que atrapalha o trânsito, ficaria mais útil assim. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;