Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 17 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Federer perde para González


Do Diário OnLine
Com AFP

12/11/2007 | 15:32


Roger Federer foi derrotado nesta segunda-feira pelo chileno Fernando González por 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 7/6 e 7/5, em sua estréia na Masters Cup de Xangai, na China.. Trata-se da primeira vez que o número um mundial perde para González. Antes da partida de hoje, o suíço tinha um retrospecto perfeito de 10 vitórias em 10 jogos contra o tenista de Santiago. Também é a primeira vez que Federer perde uma partida da fase de grupos da Masters, em seis participações.

Campeão em 2003, 2004 e 2006, o suíço só havia sido derrotado duas vezes em seis Masters Cups: por Lleyton Hewitt nas semifinais em 2002 e por David Nalbandian na final de 2005. Na fase de grupos, Federer era invicto até hoje, com 15 vitórias em 15 jogos.

Esta surpreendente derrota confirma que o número um do mundo já não domina mais o circuito de forma tão avassaladora quanto nos dois últimos anos. Federer sofreu nesta segunda-feira sua nona derrota da temporada (o mesmo número que em 2005 e 2006 juntos), e ganhou apenas sete torneios em 2007, contra 12 em 2005 e 11 em 2005. Além disso, o suíço nunca havia perdido dois jogos seguidos desde que se tornou número um mundial, em fevereiro de 2004.

No total, Federer ganhou apenas uma de suas quatro últimas partidas, contra Ivo Karlovic na segunda rodada do Masters Series de Paris. Antes disso, ele perdeu na final do Masters Series de Madri para David Nalbandian. Depois disso, ele perdeu mais uma vez contra o argentino, que não participa desta Copa Masters.

Nesta segunda-feira, Fernando González, sétimo mundial, jogou um tênis absolutamente fantástico a partir do fim do primeiro set, voltando ao nível que lhe permitiu chegar à final do Aberto da Austrália em janeiro.

"Estava muito animado hoje quando entrei em quadra. Federer jogou muito bem nos cinco primeiros games, mas depois deu uma relaxada e eu elevei meu nível de jogo. Ganhar do número um do mundo é uma sensação muito agradável. Agora tudo é possível, mas ainda tenho duas partidas complicadas pela frente" contra Andy Roddick e Nikolay Davydenko, declarou González.

"Claro que lamento ter perdido, mas ele jogou bem demais hoje", comentou Federer. "Não é fácil manter sempre o mesmo nível, como fiz nos dois últimos anos. Não se deve esquecer que foram duas temporadas excepcionais. Ainda sou o número um do mundo e ganhei três torneios de Grand Slam, portanto, 2007 também está sendo um ótimo ano", acrescentou.

"Alguns jogadores e espectadores podem pensar que fiquei mais vulnerável. Obviamente, não concordo com essa análise, e quero desmenti-la ainda nesta semana e também no ano que vem", avisou o suíço, que vai encarar o russo Nikolay Davydenko em seu próximo jogo do Grupo Vermelho.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;