Fechar
Publicidade

Sábado, 7 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Soldados israelenses matam ativista palestino na Cisjordânia


Da AFP

03/04/2006 | 09:01


Soldados israelenses mataram a tiros um militante palestino na Cisjordânia na manhã desta segunda-feira. A morte de Raed Abidad, 32 anos, líder local das Brigadas dos Mártires de Al-Aqsa, grupo armado vinculado ao partido Fatah do presidente da Autoridade Palestina, Mahmud Abbas, aconteceu em Belém, sul da Cisjordânia.

Procurada pela AFP, uma porta-voz do Exército israelense afirmou que os soldados abriram fogo quando o ativista que deveria ser detido se negou a render-se aos militares. A porta-voz explicou que o palestino estava armado com um fuzil de assalto M16. O Exército também encontrou uma pistola na casa onde estava escondido.

Outro ativista palestino foi detido durante a operação e mais 12 na Cisjordânia.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Soldados israelenses matam ativista palestino na Cisjordânia

Da AFP

03/04/2006 | 09:01


Soldados israelenses mataram a tiros um militante palestino na Cisjordânia na manhã desta segunda-feira. A morte de Raed Abidad, 32 anos, líder local das Brigadas dos Mártires de Al-Aqsa, grupo armado vinculado ao partido Fatah do presidente da Autoridade Palestina, Mahmud Abbas, aconteceu em Belém, sul da Cisjordânia.

Procurada pela AFP, uma porta-voz do Exército israelense afirmou que os soldados abriram fogo quando o ativista que deveria ser detido se negou a render-se aos militares. A porta-voz explicou que o palestino estava armado com um fuzil de assalto M16. O Exército também encontrou uma pistola na casa onde estava escondido.

Outro ativista palestino foi detido durante a operação e mais 12 na Cisjordânia.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;