Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 5 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Palmeiras tem seis desfalques para jogo decisivo de Jundiaí



29/03/2006 | 09:40


O Palmeiras terá uma equipe totalmente desfigurada para a partida contra o Paulista, nesta quarta-feira, às 21h45, em Jundiaí. A partida é considerada como decisiva para as pretensões de título no campeonato estadual. Por causa de suspensões e lesões, o treinador Emerson Leão terá seis desfalques em relação ao time que começou jogando o clássico contra o Corinthians, no último domingo. Três ausências são motivadas por suspensão pelo terceiro cartão amarelo – os volantes Corrêa e Marcinho Guerreiro e o centroavante Washington. Os outros três desfalques são os atacantes Edmundo e Marcinho e o volante Alceu, que, segundo Leão, estão no limite físico.

"Não estou poupando ninguém. Não dá mesmo para eles jogarem amanhã (nesta quarta-feira)", disse o técnico. Também com dores musculares, o zagueiro paraguaio Gamarra não treinou terça-feira na Academia de Futebol, mas estará em campo contra o Paulista. Com 33 pontos, em terceiro lugar, o Palmeiras segue na briga para encostar no Santos, líder com 37 pontos. "Ainda nos resta chances de conquistar o título e não vamos desistir", avisa Leão.

Para o lateral-esquerdo Lúcio, o Verdão aprendeu e muito com o resultado adverso contra o América de Rio Preto, em pleno Palestra Itália. "Se tivéssemos vencido aquele jogo estaríamos a apenas um ponto do líder e com enormes possibilidades de ser campeões. Agora, são apenas possibilidades remotas", finalizou.

Recuperação – Aos poucos, o zagueiro Nen vai voltando à ativa no Palmeiras. Após sofrer ruptura dos ligamentos do joelho direito e passar por uma delicada cirurgia em julho do ano passado, ele deve levar ainda mais algumas semanas para recuperar o "ritmo de jogo". Mas, terça-feira, o zagueiro já concentrou com o time e ficará no banco de reservas contra o Paulista, em Jundiaí – uma tática elaborada por Leão para motivar o jogador. "O Nen precisa voltar a se sentir parte de um time de futebol. É importante que ele volte a freqüentar esse meio de hotel, concentração, jogos", diz o técnico.

Leão tem profunda admiração pelo futebol de Nen, que poderia ser facilmente apontado como o mais veloz de todos os sete zagueiros que fazem parte do elenco palmeirense. Os outros são: Gamarra, Daniel (titulares absolutos), Douglas, Leonardo Silva, Thiago Gomes e Valdomiro – que será dispensado no final de abril, quando expira seu contrato.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Palmeiras tem seis desfalques para jogo decisivo de Jundiaí


29/03/2006 | 09:40


O Palmeiras terá uma equipe totalmente desfigurada para a partida contra o Paulista, nesta quarta-feira, às 21h45, em Jundiaí. A partida é considerada como decisiva para as pretensões de título no campeonato estadual. Por causa de suspensões e lesões, o treinador Emerson Leão terá seis desfalques em relação ao time que começou jogando o clássico contra o Corinthians, no último domingo. Três ausências são motivadas por suspensão pelo terceiro cartão amarelo – os volantes Corrêa e Marcinho Guerreiro e o centroavante Washington. Os outros três desfalques são os atacantes Edmundo e Marcinho e o volante Alceu, que, segundo Leão, estão no limite físico.

"Não estou poupando ninguém. Não dá mesmo para eles jogarem amanhã (nesta quarta-feira)", disse o técnico. Também com dores musculares, o zagueiro paraguaio Gamarra não treinou terça-feira na Academia de Futebol, mas estará em campo contra o Paulista. Com 33 pontos, em terceiro lugar, o Palmeiras segue na briga para encostar no Santos, líder com 37 pontos. "Ainda nos resta chances de conquistar o título e não vamos desistir", avisa Leão.

Para o lateral-esquerdo Lúcio, o Verdão aprendeu e muito com o resultado adverso contra o América de Rio Preto, em pleno Palestra Itália. "Se tivéssemos vencido aquele jogo estaríamos a apenas um ponto do líder e com enormes possibilidades de ser campeões. Agora, são apenas possibilidades remotas", finalizou.

Recuperação – Aos poucos, o zagueiro Nen vai voltando à ativa no Palmeiras. Após sofrer ruptura dos ligamentos do joelho direito e passar por uma delicada cirurgia em julho do ano passado, ele deve levar ainda mais algumas semanas para recuperar o "ritmo de jogo". Mas, terça-feira, o zagueiro já concentrou com o time e ficará no banco de reservas contra o Paulista, em Jundiaí – uma tática elaborada por Leão para motivar o jogador. "O Nen precisa voltar a se sentir parte de um time de futebol. É importante que ele volte a freqüentar esse meio de hotel, concentração, jogos", diz o técnico.

Leão tem profunda admiração pelo futebol de Nen, que poderia ser facilmente apontado como o mais veloz de todos os sete zagueiros que fazem parte do elenco palmeirense. Os outros são: Gamarra, Daniel (titulares absolutos), Douglas, Leonardo Silva, Thiago Gomes e Valdomiro – que será dispensado no final de abril, quando expira seu contrato.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;