Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 7 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Palestinos se aproximam do 'momento da verdade', diz Olmert


Da AFP

19/10/2006 | 21:31


Os palestinos se aproximam do "momento da verdade" em suas relações com Israel, disse nesta quinta-feira o primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, a bordo do avião no qual voltava de uma visita de três dias a Moscou.

"O momento da verdade para os palestinos se aproxima", comentou Olmert, em conversa com os jornalistas.

"Ou Abu Mazen dá passos valentes, ou todos perderemos a esperança que resta", afirmou, referindo-se ao presidente da Autoridade Palestina, Mahmud Abbas.

Abbas "deve usar toda a capacidade de que ainda dispõe" para levar o Hamas a aceitar as exigências internacionais, frisou.

Essas exigências são o reconhecimento da existência do Estado hebreu, a renúncia à violência e o respeito dos acordos firmados até agora pela Autoridade Palestina com Israel.

A Autoridade Palestina está sob sanções financeiras e diplomáticas internacionais, desde a entrada do movimento islâmico Hamas no governo, em janeiro passado.

O presidente Abbas, considerado moderado, e o governo do Hamas ainda não conseguiram chegar a um acordo que permita tirar a Autoridade Palestina desse beco sem saída.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Palestinos se aproximam do 'momento da verdade', diz Olmert

Da AFP

19/10/2006 | 21:31


Os palestinos se aproximam do "momento da verdade" em suas relações com Israel, disse nesta quinta-feira o primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, a bordo do avião no qual voltava de uma visita de três dias a Moscou.

"O momento da verdade para os palestinos se aproxima", comentou Olmert, em conversa com os jornalistas.

"Ou Abu Mazen dá passos valentes, ou todos perderemos a esperança que resta", afirmou, referindo-se ao presidente da Autoridade Palestina, Mahmud Abbas.

Abbas "deve usar toda a capacidade de que ainda dispõe" para levar o Hamas a aceitar as exigências internacionais, frisou.

Essas exigências são o reconhecimento da existência do Estado hebreu, a renúncia à violência e o respeito dos acordos firmados até agora pela Autoridade Palestina com Israel.

A Autoridade Palestina está sob sanções financeiras e diplomáticas internacionais, desde a entrada do movimento islâmico Hamas no governo, em janeiro passado.

O presidente Abbas, considerado moderado, e o governo do Hamas ainda não conseguiram chegar a um acordo que permita tirar a Autoridade Palestina desse beco sem saída.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;