Fechar
Publicidade

Sábado, 30 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Câmbio incentiva viagem ao exterior


Gabriela Gasparin
Especial para o Diário

19/10/2006 | 21:41


Ainda faltam mais de dois meses para as festas de final de ano, mas agências de turismo da região já estão com alguns pacotes de viagens fechados. Com o preço do dólar mais baixo – R$ 2,25 para o turismo – e condições de financiamento em até 10 vezes sem juros, a procura pelos planos tem aumentado em até 50% neste ano em relação a 2005. Por isso, quem está interessado em passar o Ano Novo bem longe do Grande ABC, deve se programar.

De acordo com o proprietário da JVS Operadora Turística, de São Caetano, Manuel Nogueira, as viagens internacionais cresceram cerca de 15% esse ano em relação a 2005. “Com o dólar mais barato, a procura para passeios no exterior está bastante aquecida”, disse. Nogueira informou que a compra de pacotes nacionais também aumentou, mas na casa dos 10%.

A explicação para a variação pode estar nos valores dos pacotes. Pela JVS, uma viagem de 12 dias por três países da Europa (Itália, Suíça e França) sai por US$ 1,851 mil (R$ 4.165 mil), valor que pode ser parcelado em quatro vezes sem juros.

Já uma viagem de Reveillon por oito dias num resort na Costa do Sauípe, na Bahia, custa R$ 4.758 mil, com 20% de entrada e o saldo parcelado em 9 vezes sem juros. Nesse caso, o consumo é livre dentro do hotel.

Prevenção – As viagens para a Europa são as mais procuradas na operadora. O proprietário informou que ainda há como encaixar os interessados em passar o final de ano no continente, mas quem deixar para a última hora pode não conseguir um pacote.

A mesma opinião tem o gerente da agência Numatur Viagens e Turismo, de Santo André, Paulo Freitas. Para ele, quanto mais cedo é feita a procura pelos planos de viagens, mais barato pode sair o passeio. “Quem não se programa acaba perdendo as promoções”, ressalta. Segundo Freitas, os pacotes para as festas de fim de ano estão à venda desde janeiro, mas só agora os clientes começam a pesquisar preços e promoções.

O gerente espera um crescimento de 20% nas vendas em 2006 na comparação com o ano passado. “Os preços não aumentaram. Algumas viagens estão até mais baratas, além das possibilidades de financiamento”, explicou.

A maioria dos pacotes podem ser financiados em 10 vezes sem juros, com 25% de entrada. Um exemplo é um pacote de três dias no Ano Novo para Buenos Aires, na Argentina, que sai por US$ 650 (R$ 1.462 mil). O fim no ano em Foz do Iguaçu também pode ser uma opção: R$ 2.190 para ficar cinco dias no hotel com meia pensão.

Na Concepcion Viagens e Turismo, de São Bernardo, as vendas cresceram cerca de 50% neste ano, impulsionadas pelos pacotes para a Europa. “A expectativa é manter esse acréscimo até o final do ano”, disse uma das sócias, Rosana Carla Souza. (Supervisão de Fernando Bortolin)



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Câmbio incentiva viagem ao exterior

Gabriela Gasparin
Especial para o Diário

19/10/2006 | 21:41


Ainda faltam mais de dois meses para as festas de final de ano, mas agências de turismo da região já estão com alguns pacotes de viagens fechados. Com o preço do dólar mais baixo – R$ 2,25 para o turismo – e condições de financiamento em até 10 vezes sem juros, a procura pelos planos tem aumentado em até 50% neste ano em relação a 2005. Por isso, quem está interessado em passar o Ano Novo bem longe do Grande ABC, deve se programar.

De acordo com o proprietário da JVS Operadora Turística, de São Caetano, Manuel Nogueira, as viagens internacionais cresceram cerca de 15% esse ano em relação a 2005. “Com o dólar mais barato, a procura para passeios no exterior está bastante aquecida”, disse. Nogueira informou que a compra de pacotes nacionais também aumentou, mas na casa dos 10%.

A explicação para a variação pode estar nos valores dos pacotes. Pela JVS, uma viagem de 12 dias por três países da Europa (Itália, Suíça e França) sai por US$ 1,851 mil (R$ 4.165 mil), valor que pode ser parcelado em quatro vezes sem juros.

Já uma viagem de Reveillon por oito dias num resort na Costa do Sauípe, na Bahia, custa R$ 4.758 mil, com 20% de entrada e o saldo parcelado em 9 vezes sem juros. Nesse caso, o consumo é livre dentro do hotel.

Prevenção – As viagens para a Europa são as mais procuradas na operadora. O proprietário informou que ainda há como encaixar os interessados em passar o final de ano no continente, mas quem deixar para a última hora pode não conseguir um pacote.

A mesma opinião tem o gerente da agência Numatur Viagens e Turismo, de Santo André, Paulo Freitas. Para ele, quanto mais cedo é feita a procura pelos planos de viagens, mais barato pode sair o passeio. “Quem não se programa acaba perdendo as promoções”, ressalta. Segundo Freitas, os pacotes para as festas de fim de ano estão à venda desde janeiro, mas só agora os clientes começam a pesquisar preços e promoções.

O gerente espera um crescimento de 20% nas vendas em 2006 na comparação com o ano passado. “Os preços não aumentaram. Algumas viagens estão até mais baratas, além das possibilidades de financiamento”, explicou.

A maioria dos pacotes podem ser financiados em 10 vezes sem juros, com 25% de entrada. Um exemplo é um pacote de três dias no Ano Novo para Buenos Aires, na Argentina, que sai por US$ 650 (R$ 1.462 mil). O fim no ano em Foz do Iguaçu também pode ser uma opção: R$ 2.190 para ficar cinco dias no hotel com meia pensão.

Na Concepcion Viagens e Turismo, de São Bernardo, as vendas cresceram cerca de 50% neste ano, impulsionadas pelos pacotes para a Europa. “A expectativa é manter esse acréscimo até o final do ano”, disse uma das sócias, Rosana Carla Souza. (Supervisão de Fernando Bortolin)

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;