Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 27 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Paineiras investe R$ 100 mil para trocar chope por pizza


Mariana Oliveira
Do Diário do Grande ABC

14/05/2005 | 15:01


A Choperia Paineiras, um dos locais mais movimentados do bairro Jardim, em Santo André, está em reforma para se transformar em pizzaria. Com investimento total estimado em R$ 100 mil – dos quais já foram consumidos R$ 55 mil –, as obras tiveram início no dia 18 de abril e devem terminar dentro de um mês. "Trabalharemos também com entregas e esperamos retorno do investimento em seis meses", afirma a auxiliar administrativa da casa, Karina Oliveira.

A mudança de atividade aconteceu devido à inviabilidade de continuar com a choperia aberta. Há aproximadamente dois meses, a Prefeitura de Santo André proibiu o estabelecimento de tocar música ao vivo e manter a pista de dança, em virtude de o estabelecimento estar em árear residencial. Na verdade, a vizinhança reclamou da bagunça que alguns frequentadores faziam. "Sem a música, passamos de 4 mil clientes por fim de semana para apenas 400 de sexta-feira a domingo. O faturamento caiu 80%. Permanecemos com a casa aberta um mês e acabamos fechando", diz Karina, que demitiu os 50 empregados do estabelecimento.

A Pizzaria Paineiras contará com 120 lugares, forno a lenha e balcão para atendimento na área em que se localizava as mesas da choperia. A antiga danceteria dará espaço a um playground, que terá brinquedos e monitores. Além disso, haverá parceria com estacionamento para oferecer o serviço aos clientes. Segundo Karina, serão contratados 25 funcionários, entre pizzaiolos, entregadores e garçons.

O público principal do estabelecimento esperado deverá ser formado por famílias ou casais. "É uma clientela diferente do que estamos acostumados, por isso resolvemos trocar todos os funcionários. A pizzaria demanda pessoal mais especializado", diz a empresária, que estima que o consumo na própria casa represente 60% do faturamento, enquanto as entregas sejam responsáveis por 40%.

O Jack Café – lanchonete do mesmo proprietário situada ao lado da Chopperia Paineiras, também foi fechado há um mês. O local, segundo Karina, ainda não tem destinação definida. "No primeiro mês de funcionamento da pizzaria, o local permanecerá sem utilização. Dependendo do movimento, podemos agregar o espaço para atender clientes da pizzaria. Ou então, reabrir a lanchonete com som ambiente. Não existe nada determinado."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Paineiras investe R$ 100 mil para trocar chope por pizza

Mariana Oliveira
Do Diário do Grande ABC

14/05/2005 | 15:01


A Choperia Paineiras, um dos locais mais movimentados do bairro Jardim, em Santo André, está em reforma para se transformar em pizzaria. Com investimento total estimado em R$ 100 mil – dos quais já foram consumidos R$ 55 mil –, as obras tiveram início no dia 18 de abril e devem terminar dentro de um mês. "Trabalharemos também com entregas e esperamos retorno do investimento em seis meses", afirma a auxiliar administrativa da casa, Karina Oliveira.

A mudança de atividade aconteceu devido à inviabilidade de continuar com a choperia aberta. Há aproximadamente dois meses, a Prefeitura de Santo André proibiu o estabelecimento de tocar música ao vivo e manter a pista de dança, em virtude de o estabelecimento estar em árear residencial. Na verdade, a vizinhança reclamou da bagunça que alguns frequentadores faziam. "Sem a música, passamos de 4 mil clientes por fim de semana para apenas 400 de sexta-feira a domingo. O faturamento caiu 80%. Permanecemos com a casa aberta um mês e acabamos fechando", diz Karina, que demitiu os 50 empregados do estabelecimento.

A Pizzaria Paineiras contará com 120 lugares, forno a lenha e balcão para atendimento na área em que se localizava as mesas da choperia. A antiga danceteria dará espaço a um playground, que terá brinquedos e monitores. Além disso, haverá parceria com estacionamento para oferecer o serviço aos clientes. Segundo Karina, serão contratados 25 funcionários, entre pizzaiolos, entregadores e garçons.

O público principal do estabelecimento esperado deverá ser formado por famílias ou casais. "É uma clientela diferente do que estamos acostumados, por isso resolvemos trocar todos os funcionários. A pizzaria demanda pessoal mais especializado", diz a empresária, que estima que o consumo na própria casa represente 60% do faturamento, enquanto as entregas sejam responsáveis por 40%.

O Jack Café – lanchonete do mesmo proprietário situada ao lado da Chopperia Paineiras, também foi fechado há um mês. O local, segundo Karina, ainda não tem destinação definida. "No primeiro mês de funcionamento da pizzaria, o local permanecerá sem utilização. Dependendo do movimento, podemos agregar o espaço para atender clientes da pizzaria. Ou então, reabrir a lanchonete com som ambiente. Não existe nada determinado."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;