Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 9 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Chile: Bachelet pede que todos os ministros renunciem a seus cargos



07/05/2015 | 01:53


A presidente do Chile, Michelle Bachelet, anunciou nesta quinta-feira que pediu aos seus ministros que encaminhem seus pedidos de renúncia enquanto ela decide, nas próximas 72 horas, quem fica e quem sai do governo.

"Há algumas horas eu pedi cartas de renúncia a todos os meus ministros", disse a presidente em entrevista a um canal de TV local. "É hora de mudar o governo."

Bachelet enfrenta o menor nível de popularidade em toda a sua carreira política, e recentemente admitiu que escândalos políticos prejudicaram o seu governo.

Embora o nível de corrupção no Chile seja considerados um dos menores da América Latina, a confiança nas elites política e econômica vem sendo bombardeada após um escândalos envolvendo empréstimos bancários ao filho de Bachelet e o financiamento de campanha líderes da oposição à presidente.

Segundo pesquisa divulgada em abril, a aprovação de Bachelet está em 31%, o menor patamar deste e também de seu primeiro mandato presidencial, entre 2006 e 2010. Fonte: Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Chile: Bachelet pede que todos os ministros renunciem a seus cargos


07/05/2015 | 01:53


A presidente do Chile, Michelle Bachelet, anunciou nesta quinta-feira que pediu aos seus ministros que encaminhem seus pedidos de renúncia enquanto ela decide, nas próximas 72 horas, quem fica e quem sai do governo.

"Há algumas horas eu pedi cartas de renúncia a todos os meus ministros", disse a presidente em entrevista a um canal de TV local. "É hora de mudar o governo."

Bachelet enfrenta o menor nível de popularidade em toda a sua carreira política, e recentemente admitiu que escândalos políticos prejudicaram o seu governo.

Embora o nível de corrupção no Chile seja considerados um dos menores da América Latina, a confiança nas elites política e econômica vem sendo bombardeada após um escândalos envolvendo empréstimos bancários ao filho de Bachelet e o financiamento de campanha líderes da oposição à presidente.

Segundo pesquisa divulgada em abril, a aprovação de Bachelet está em 31%, o menor patamar deste e também de seu primeiro mandato presidencial, entre 2006 e 2010. Fonte: Associated Press.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;