Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 12 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Botafogo bate o Capivariano por 3 a 0 e avança à 3ª fase da Copa do Brasil



07/05/2015 | 00:09


O Botafogo não teve dificuldades para avançar à terceira fase da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, os reservas do time alvinegro venceram o Capivariano por 3 a 0, no estádio Engenhão, no Rio, sob os olhares de apenas 1.450 torcedores. Na semana anterior, no interior de São Paulo, o time carioca já havia vencido o jogo de ida por 2 a 1.

Com a vitória, o Botafogo deixa para trás a perda do título carioca, na última partida, e vai com moral enfrentar o Paysandu neste sábado, em Belém, pela estreia da Série B do Campeonato Brasileiro. Com 42 anos de idade, o volante Amaral - famoso por sua passagem no Palmeiras - foi titular pelo time visitante. Mas o veterano sentiu uma contusão na panturrilha e precisou deixar o campo aos 26 minutos.

A partida começou bastante movimentada. Embora jogasse com a vantagem, o Botafogo adotou uma postura ofensiva, buscando sempre o gol. Com o Capivariano não foi diferente. A equipe paulista precisava do resultado e se lançou ao ataque, porém não conseguia levar grande perigo ao gol de Jefferson, que realizou seu primeiro jogo após a recuperação de uma contusão no joelho que o deixou parado por pouco mais de um mês.

Melhor no jogo, o Botafogo aproveitou os espaços deixados pelos avanços do adversário e soube ser decisivo. Aos 17 minutos, Sassá deu bom passe para Gegê, que bateu forte no ângulo para abrir o placar. Depois do gol, os donos da casa cresceram e não demorou para ampliarem o resultado. Aos 36, foi a vez de Sassá fazer 2 a 0. O Capivariano sentiu os gols sofridos, acabou recuando demais e passou o fim do primeiro tempo tentando se defender.

O Botafogo voltou do intervalo mantendo o domínio do jogo e não encontrava resistência do adversário. A partida acabou se tornando um treino para o time carioca. O técnico René Simões tratou de colocar o experiente Daniel Carvalho em campo. O meia assinou com o clube recentemente e ainda busca a melhor forma física, mas se mostrou prestativo e criou boas jogadas.

O terceiro gol se originou nos pés dele. Em cobrança de escanteio, o meia encontrou Luís Ricardo livre na área. O lateral cabeceou firme para dentro do gol para garantir a classificação.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 3 x 0 CAPIVARIANO

BOTAFOGO - Jefferson; Luis Ricardo, Alisson (Giaretta), Emerson, Pedro Rosa; Airton, Fernandes (Cidinho), Gegê, DIego Jardel (Daniel Carvalho); Sassá e Henrique. Técnico: René Simões.

CAPIVARIANO - André Luis; Oliveira, Marllon, Héçio. Pedro, Amaral (George), Everton Dias, Rodolfo, Wigor, Willian Favoni, Romão (Alexsander). Técnico: Evandro de Souza.

GOLS - Gegê, aos 17, e Sassá, aos 36 minutos do primeiro tempo; Luís Ricardo, aos 21 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Allison e Emerson (Botafogo); Favoni e Everton Dias (Capivariano).

ÁRBITRO - Rodolpho Toski Marques (PR).

RENDA - R$ 21.655,00.

PÚBLICO - 1.276 pagantes (1.450 no total).

LOCAL - Estádio Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Botafogo bate o Capivariano por 3 a 0 e avança à 3ª fase da Copa do Brasil


07/05/2015 | 00:09


O Botafogo não teve dificuldades para avançar à terceira fase da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, os reservas do time alvinegro venceram o Capivariano por 3 a 0, no estádio Engenhão, no Rio, sob os olhares de apenas 1.450 torcedores. Na semana anterior, no interior de São Paulo, o time carioca já havia vencido o jogo de ida por 2 a 1.

Com a vitória, o Botafogo deixa para trás a perda do título carioca, na última partida, e vai com moral enfrentar o Paysandu neste sábado, em Belém, pela estreia da Série B do Campeonato Brasileiro. Com 42 anos de idade, o volante Amaral - famoso por sua passagem no Palmeiras - foi titular pelo time visitante. Mas o veterano sentiu uma contusão na panturrilha e precisou deixar o campo aos 26 minutos.

A partida começou bastante movimentada. Embora jogasse com a vantagem, o Botafogo adotou uma postura ofensiva, buscando sempre o gol. Com o Capivariano não foi diferente. A equipe paulista precisava do resultado e se lançou ao ataque, porém não conseguia levar grande perigo ao gol de Jefferson, que realizou seu primeiro jogo após a recuperação de uma contusão no joelho que o deixou parado por pouco mais de um mês.

Melhor no jogo, o Botafogo aproveitou os espaços deixados pelos avanços do adversário e soube ser decisivo. Aos 17 minutos, Sassá deu bom passe para Gegê, que bateu forte no ângulo para abrir o placar. Depois do gol, os donos da casa cresceram e não demorou para ampliarem o resultado. Aos 36, foi a vez de Sassá fazer 2 a 0. O Capivariano sentiu os gols sofridos, acabou recuando demais e passou o fim do primeiro tempo tentando se defender.

O Botafogo voltou do intervalo mantendo o domínio do jogo e não encontrava resistência do adversário. A partida acabou se tornando um treino para o time carioca. O técnico René Simões tratou de colocar o experiente Daniel Carvalho em campo. O meia assinou com o clube recentemente e ainda busca a melhor forma física, mas se mostrou prestativo e criou boas jogadas.

O terceiro gol se originou nos pés dele. Em cobrança de escanteio, o meia encontrou Luís Ricardo livre na área. O lateral cabeceou firme para dentro do gol para garantir a classificação.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 3 x 0 CAPIVARIANO

BOTAFOGO - Jefferson; Luis Ricardo, Alisson (Giaretta), Emerson, Pedro Rosa; Airton, Fernandes (Cidinho), Gegê, DIego Jardel (Daniel Carvalho); Sassá e Henrique. Técnico: René Simões.

CAPIVARIANO - André Luis; Oliveira, Marllon, Héçio. Pedro, Amaral (George), Everton Dias, Rodolfo, Wigor, Willian Favoni, Romão (Alexsander). Técnico: Evandro de Souza.

GOLS - Gegê, aos 17, e Sassá, aos 36 minutos do primeiro tempo; Luís Ricardo, aos 21 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Allison e Emerson (Botafogo); Favoni e Everton Dias (Capivariano).

ÁRBITRO - Rodolpho Toski Marques (PR).

RENDA - R$ 21.655,00.

PÚBLICO - 1.276 pagantes (1.450 no total).

LOCAL - Estádio Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;