Fechar
Publicidade

Domingo, 24 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Após 1 mês e meio, Sabesp desentope boca-de-lobo


Bruno Ribeiro
Especial para o Diário

28/10/2005 | 08:55


Freqüentadores de dois restaurantes em Rudge Ramos, São Bernardo, estão convivendo há um mês e meio com um forte cheiro de esgoto doméstico provocado por uma tubulação entupida da Sabesp. Os comerciantes reclamaram com a empresa diversas vezes, mas uma solução definitiva para o problema ainda não foi apresentada. O esgoto transborda de uma boca-de-lobo para o meio da rua São Francisco, que cruza com a rua Doutor Rudge Ramos. "Nem preciso dizer o quanto esse cheiro espanta a clientela", conta o proprietário da lanchonete Saideira Chopp, Jaime Dantes.

Quarta-feira, uma equipe da Sabesp desobstruiu a rede de esgoto, no ramal da lanchonete, cuja caixa de inspeção situa-se ao lado do ponto onde ocorreu a inundação, na rua São Francisco. Entretanto, a autarquia informa que essa medida é uma solução paliativa, haja vista que o acesso ao poço de visita está embaixo de uma grande quantidade de entulho e água. Para que o problema seja definitivamente resolvido, é necessário que se faça um remanejamento da rede de esgoto para outro local, o que ocorrerá após a análise, viabilização e execução do projeto.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Após 1 mês e meio, Sabesp desentope boca-de-lobo

Bruno Ribeiro
Especial para o Diário

28/10/2005 | 08:55


Freqüentadores de dois restaurantes em Rudge Ramos, São Bernardo, estão convivendo há um mês e meio com um forte cheiro de esgoto doméstico provocado por uma tubulação entupida da Sabesp. Os comerciantes reclamaram com a empresa diversas vezes, mas uma solução definitiva para o problema ainda não foi apresentada. O esgoto transborda de uma boca-de-lobo para o meio da rua São Francisco, que cruza com a rua Doutor Rudge Ramos. "Nem preciso dizer o quanto esse cheiro espanta a clientela", conta o proprietário da lanchonete Saideira Chopp, Jaime Dantes.

Quarta-feira, uma equipe da Sabesp desobstruiu a rede de esgoto, no ramal da lanchonete, cuja caixa de inspeção situa-se ao lado do ponto onde ocorreu a inundação, na rua São Francisco. Entretanto, a autarquia informa que essa medida é uma solução paliativa, haja vista que o acesso ao poço de visita está embaixo de uma grande quantidade de entulho e água. Para que o problema seja definitivamente resolvido, é necessário que se faça um remanejamento da rede de esgoto para outro local, o que ocorrerá após a análise, viabilização e execução do projeto.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;