Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 20 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Congressistas alertam para que Trump não tente atrapalhar investigações



02/12/2017 | 00:20


Líderes democratas e republicanos do Congresso dos Estados Unidos alertaram o presidente Donald Trump para que ele não tente influenciar as investigações sobre a interferência da Rússia nas eleições presidenciais do ano passado.

Os senadores Mark Warner e Adam Schiff emitiram comunicados hoje, após o ex-secretário de Segurança Nacional de Trump, Michael Flynn, ter sido considerado culpado de mentir para a Agência Federal de investigação (FBI), na investigação do conselheiro especial Robert Mueller.

Warner e Schiff disseram que seria inaceitável se Trump tentasse influenciar quaisquer investigações.

Warner se refere a um "padrão alarmante" de Trump, incluindo a demissão do ex-diretor do FBI, James Comey, pelo republicano. Schiff especulou que a delação pode fazer com que a Casa Branca e seus aliados tentem frear as investigações ou acabar com o trabalho da equipe de Mueller prematuramente. Fonte: Associated P



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Congressistas alertam para que Trump não tente atrapalhar investigações


02/12/2017 | 00:20


Líderes democratas e republicanos do Congresso dos Estados Unidos alertaram o presidente Donald Trump para que ele não tente influenciar as investigações sobre a interferência da Rússia nas eleições presidenciais do ano passado.

Os senadores Mark Warner e Adam Schiff emitiram comunicados hoje, após o ex-secretário de Segurança Nacional de Trump, Michael Flynn, ter sido considerado culpado de mentir para a Agência Federal de investigação (FBI), na investigação do conselheiro especial Robert Mueller.

Warner e Schiff disseram que seria inaceitável se Trump tentasse influenciar quaisquer investigações.

Warner se refere a um "padrão alarmante" de Trump, incluindo a demissão do ex-diretor do FBI, James Comey, pelo republicano. Schiff especulou que a delação pode fazer com que a Casa Branca e seus aliados tentem frear as investigações ou acabar com o trabalho da equipe de Mueller prematuramente. Fonte: Associated P

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;