Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 7 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

SP e Rio disparam no ranking das cidades mais caras do mundo


Do Diário OnLine

26/06/2006 | 11:38


São Paulo e Rio de Janeiro são as cidades com maior custo de vida na América Latina. Segundo pesquisa feita pela Mercer Consulting, a capital paulista ocupa neste ano a 34ª posição, ante o 119ª lugar em 2005, enquanto o Rio subiu da 124ª colocação para a 40%.

De acordo com a consultoria, a valorização do real em relação ao dólar foi o principal fator de influência para o custo de vida disparar nas duas cidades. Além disso, ajudaram as altas taxas de juros e a redução da dívida pública.

A capital russa Moscou ficou na primeira posição, seguida por Seul, na Coréia do Sul, e Tóquio, no Japão. O ranking das cidades mais caras é completado por Hong Kong, Londres, Osaka, Genebra, Copenhague, Zurique, Oslo e Nova York (empatadas).

Na contramão, a capital com menor custo de vida é Assunção, no Paraguai, que ficou na 144ª colocação. Outras cidades sul-americanas também se destacaram pelas baixas posições no ranking, como Buenos Aires (142ª), Montevidéu (138ª) e Caracas (136ª).


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

SP e Rio disparam no ranking das cidades mais caras do mundo

Do Diário OnLine

26/06/2006 | 11:38


São Paulo e Rio de Janeiro são as cidades com maior custo de vida na América Latina. Segundo pesquisa feita pela Mercer Consulting, a capital paulista ocupa neste ano a 34ª posição, ante o 119ª lugar em 2005, enquanto o Rio subiu da 124ª colocação para a 40%.

De acordo com a consultoria, a valorização do real em relação ao dólar foi o principal fator de influência para o custo de vida disparar nas duas cidades. Além disso, ajudaram as altas taxas de juros e a redução da dívida pública.

A capital russa Moscou ficou na primeira posição, seguida por Seul, na Coréia do Sul, e Tóquio, no Japão. O ranking das cidades mais caras é completado por Hong Kong, Londres, Osaka, Genebra, Copenhague, Zurique, Oslo e Nova York (empatadas).

Na contramão, a capital com menor custo de vida é Assunção, no Paraguai, que ficou na 144ª colocação. Outras cidades sul-americanas também se destacaram pelas baixas posições no ranking, como Buenos Aires (142ª), Montevidéu (138ª) e Caracas (136ª).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;