Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 26 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Bush comemora resposta do Irã à proposta européia


Da AFP

06/06/2006 | 20:19


O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, considerou "positiva" nesta terça-feira a reação inicial dos iranianos à proposta de negociação que lhes foi apresentada pelas potências ocidentais para tentar solucionar a crise sobre o programa nuclear da República Islâmica.

"Veremos se os iranianos levam nossa oferta seriamente. São eles que devem tomar a decisão", afirmou o presidente. "Já disse que os EUA se sentarão à mesa com eles enquanto estiverem dispostos a suspender o enriquecimento de urânio de maneira verificável. Portanto, me parece uma resposta positiva".

Mais cedo, o Irã comentou que a proposta, elaborada pelos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU (Estados Unidos, Rússia, China, Grã-Bretanha e França) e a Alemanha continha "passos positivos", mas também "ambigüidades".

A proposta, entregue ao Irã pelo alto representante da União Européia para a Política Externa e de Segurança, Javier Solana, inclui incentivos (em particular no âmbito comercial) para convencer Teerã a renunciar ao enriquecimento de urânio, mas acrescenta um trecho mais coercitivo, no qual ameaça empreender ações no Conselho de Segurança da ONU.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bush comemora resposta do Irã à proposta européia

Da AFP

06/06/2006 | 20:19


O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, considerou "positiva" nesta terça-feira a reação inicial dos iranianos à proposta de negociação que lhes foi apresentada pelas potências ocidentais para tentar solucionar a crise sobre o programa nuclear da República Islâmica.

"Veremos se os iranianos levam nossa oferta seriamente. São eles que devem tomar a decisão", afirmou o presidente. "Já disse que os EUA se sentarão à mesa com eles enquanto estiverem dispostos a suspender o enriquecimento de urânio de maneira verificável. Portanto, me parece uma resposta positiva".

Mais cedo, o Irã comentou que a proposta, elaborada pelos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU (Estados Unidos, Rússia, China, Grã-Bretanha e França) e a Alemanha continha "passos positivos", mas também "ambigüidades".

A proposta, entregue ao Irã pelo alto representante da União Européia para a Política Externa e de Segurança, Javier Solana, inclui incentivos (em particular no âmbito comercial) para convencer Teerã a renunciar ao enriquecimento de urânio, mas acrescenta um trecho mais coercitivo, no qual ameaça empreender ações no Conselho de Segurança da ONU.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;