Fechar
Publicidade

Sábado, 30 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Fiesp vai à justiça pedir suspensão de imposto estadual



01/04/2020 | 12:46


A Fiesp e o Ciesp apresentaram na noite de segunda-feira, 30, ao Tribunal de Justiça de São Paulo, mandado coletivo pedindo a suspensão por 180 dias do recolhimento de tributos estaduais. O pedido vale para o ICMS relativo aos fatos geradores de março, abril, maio e junho, com a inclusão do ICMS por substituição tributária, os débitos do imposto com o Simples Nacional e os parcelamentos estaduais.

"As empresas estão sofrendo de forma dramática a redução drástica da atividade econômica", disse o presidente da Fiesp e do Ciesp, Paulo Skaf.

Se aceita pela Justiça, a solicitação vai valer para todas as empresas com sede no Estado, e não apenas para os sindicatos e as companhias representadas pelas duas entidades.

Skaf lembrou que o próprio governo do Estado já obteve no Supremo Tribunal Federal (STF) liminar para interromper, temporariamente, o pagamento da dívida com a União. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Fiesp vai à justiça pedir suspensão de imposto estadual


01/04/2020 | 12:46


A Fiesp e o Ciesp apresentaram na noite de segunda-feira, 30, ao Tribunal de Justiça de São Paulo, mandado coletivo pedindo a suspensão por 180 dias do recolhimento de tributos estaduais. O pedido vale para o ICMS relativo aos fatos geradores de março, abril, maio e junho, com a inclusão do ICMS por substituição tributária, os débitos do imposto com o Simples Nacional e os parcelamentos estaduais.

"As empresas estão sofrendo de forma dramática a redução drástica da atividade econômica", disse o presidente da Fiesp e do Ciesp, Paulo Skaf.

Se aceita pela Justiça, a solicitação vai valer para todas as empresas com sede no Estado, e não apenas para os sindicatos e as companhias representadas pelas duas entidades.

Skaf lembrou que o próprio governo do Estado já obteve no Supremo Tribunal Federal (STF) liminar para interromper, temporariamente, o pagamento da dívida com a União. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;