Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 3 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Vendas com cartão subiram 45% em 2002, diz Fecomércio


Do Diário OnLine

26/12/2002 | 15:22


Uma pesquisa realizada pela Federação do Comércio de São Paulo (Fecomércio), e divulgada nesta quinta-feira, indica que as compras pagas com cartão de crédito aumentaram em 45% em relação a 2001. O tradicional cheque pré-datado foi utilizado por apenas 9,57% dos consumidores neste Natal.

Segundo a Fecomércio, o uso do cartão cresceu por sua popularização entre os consumidores e a alta inadimplência, já que aceitar pagamentos com o cartão é menos arriscado que o cheque.

Dados da Serasa, divulgados em novembro, dão conta de que o volume de cheques devolvidos por falta de fundos (em relação ao total de compensados) neste referido mês chegou a 12,4 cheques em cada mil compensados. No acumulado do ano, o índice de cheques sem fundos subiu 3,8%.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Vendas com cartão subiram 45% em 2002, diz Fecomércio

Do Diário OnLine

26/12/2002 | 15:22


Uma pesquisa realizada pela Federação do Comércio de São Paulo (Fecomércio), e divulgada nesta quinta-feira, indica que as compras pagas com cartão de crédito aumentaram em 45% em relação a 2001. O tradicional cheque pré-datado foi utilizado por apenas 9,57% dos consumidores neste Natal.

Segundo a Fecomércio, o uso do cartão cresceu por sua popularização entre os consumidores e a alta inadimplência, já que aceitar pagamentos com o cartão é menos arriscado que o cheque.

Dados da Serasa, divulgados em novembro, dão conta de que o volume de cheques devolvidos por falta de fundos (em relação ao total de compensados) neste referido mês chegou a 12,4 cheques em cada mil compensados. No acumulado do ano, o índice de cheques sem fundos subiu 3,8%.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;