Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Multinacionais de olho no Grande ABC


Leone Farias
Do Diário do Grande ABC

04/10/2010 | 07:49


Grandes multinacionais de TI (tecnologia de informação) olham com especial interesse o Grande ABC, pelo potencial de negócios que a região desperta.É o caso da IBM Brasil, que escolheu neste ano Santo André para fazer parte do projeto de expansão regional da companhia.

A líder de expansão regional da empresa, Priscilla Beseggio, explica que há dois anos o grupo mundial resolveu dividir suas operações em países maduros e a dos emergentes. Nesse segundo bloco, cuja sede fica em Xangai (na China), se detectou que havia potencial fora dos grandes centros.

E neste ano, foram escolhidas 20 cidades no País, para estimular a oferta de produtos e serviços e fomentar as economias locais. Em São Paulo, além da cidade da região, outra escolhida foi Guarulhos. Priscilla cita que o projeto significa ter equipes focadas em desenvolver parcerias com o "ecossistema" local, ou seja com universidades da região, ou associações de TI (tecnologia de informação), por exemplo

Parque tecnológico - Questionada se o plano incluir a participação no parque tecnológico em gestação pela Prefeitura de Santo André, a executiva diz que oportunidades de negócios como essa devem ser aproveitadas pela companhia. "Buscamos conhecer melhor as peculiaridades da região para levar soluções que o mercado tenha carência", afirma.

Por enquanto, a empresa não cogita abrir escritório em Santo André, por causa da proximidade com São Paulo, onde a IBM Brasil tem sede. "Mas essa é a tendência, quando crescer o volume (de atendimentos)", observa.

Intel - Maior fabricante mundial de chips de computador, a Intel também considera o Grande ABC importante em sua estratégia de crescimento. Dentro de seu programa de canais (revendedores ou integradores) associados, a região representa 11% dos resultados da empresa no Brasil.

A gerente de marketing da companhia, Vanessa Martins, cita ainda que dentro desse programa, o crescimento de vendas, neste ano é de 30% em relação a 2009. Além disso, pesquisa recente encomendada pela Intel apontou otimismo no setor: 86% dos revendedores da marca apostam no aumento das vendas e da lucratividade de suas empresas.

Dispositivos de rastreamento de carros têm vendas em alta
Uma área da tecnologia de informação que vem em ascensão no País são os equipamentos e softwares para rastreamento e monitoramento de veículos. Esse mercado deve ganhar ainda mais impulso a partir de dezembro, quando entrará em vigor a norma do Contran (Conselho Nacional do Trânsito) que exige que os carros saiam de fábrica com rastreadores instalados.

Alexandre Cifarelli, gerente de marketing da Zatix (que detém as marcas Graber e Omni Link), afirma que a previsão da companhia neste ano é crescer em vendas cerca de 20% em relação a 2009, para alcançar R$ 250 milhões de faturamento anual.

A empresa já é uma das líderes do mercado no País, com atuação tanto para serviços para pessoa física (por meio da Graber) quanto para o transporte de carga (com a Omni), e oferece sistemas que permitem, por exemplo, visualizar a posição do veículo pela internet ou pelo Iphone.

No entanto, o mercado de rastreamento ainda é novo no Brasil. "Vem crescendo 20% ao ano, mas, de uma frota de 50 milhões de veículos no País, a participação do setor é de apenas 3%", diz Cifarelli.

Região - Por meio dos sistemas Omni, a Zatix tem grandes clientes no Grande ABC, entre os quais as transportadoras Ajofer, Grecco e Transultra.Além disso, tem parceria com a MAN (detentora da marca Volkswagen Caminhões), que produz o modelo Constellation com rastreador de fábrica, que faz a telemetria (medição à distância) do desempenho do veículo.

A nova legislação, que determina a obrigatoriedade do dispositivo antifurto nos carros, também traz perspectivas promissoras de negócios na região. "Temos trabalhado em projetos em parceria com a maioria das montadoras", diz o executivo.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;