Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 27 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

McDonald's pede revisão de multa milionária em El Salvador


Da AFP

04/01/2006 | 18:25


A rede americana de lanchonetes McDonald's entrou, nesta quarta-feira, com um recurso em um tribunal de El Salvador, pedindo a revisão de uma sentença que a condena a pagar US$ 23,9 milhões a um empresário salvadorenho por ter-lhe retirado o direito de exploração da marca. "A McDonald's apresentou um recurso por considerar que a sentença, ainda não definitiva, atenta contra uma série de leis do país", garantiu o advogado da empresa em El Salvador, Roberto Romero.

Romero considera "lamentável" a sentença que obriga seu cliente a pagar US$ 23,9 milhões ao empresário Roberto Bukele, proprietário da empresa Servipronto de El Salvador, à qual a rede americana de fast-food retirou, por decisão unilateral, a franquia para exploração da marca desde 1996. A Servipronto de El Salvador explorava a franquia do McDonald's desde 14 de julho de 1972, mas este direito foi retirado em 1996 porque a empresa americana alegava não cumprimento de seu padrão de qualidade.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

McDonald's pede revisão de multa milionária em El Salvador

Da AFP

04/01/2006 | 18:25


A rede americana de lanchonetes McDonald's entrou, nesta quarta-feira, com um recurso em um tribunal de El Salvador, pedindo a revisão de uma sentença que a condena a pagar US$ 23,9 milhões a um empresário salvadorenho por ter-lhe retirado o direito de exploração da marca. "A McDonald's apresentou um recurso por considerar que a sentença, ainda não definitiva, atenta contra uma série de leis do país", garantiu o advogado da empresa em El Salvador, Roberto Romero.

Romero considera "lamentável" a sentença que obriga seu cliente a pagar US$ 23,9 milhões ao empresário Roberto Bukele, proprietário da empresa Servipronto de El Salvador, à qual a rede americana de fast-food retirou, por decisão unilateral, a franquia para exploração da marca desde 1996. A Servipronto de El Salvador explorava a franquia do McDonald's desde 14 de julho de 1972, mas este direito foi retirado em 1996 porque a empresa americana alegava não cumprimento de seu padrão de qualidade.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;