Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 27 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Frateschi adapta 'Ricardo III'


Do Diário do Grande ABC

18/05/2006 | 09:57


São Paulo terá, este mês, duas montagens de Ricardo III, de Shakespeare. A primeira a chegar aos palcos é a de Celso Frateschi, sujeito experimentado no teatro político e no 'teatro' da política. A estréia ocorre nesta quinta-feira, às 21h, no Ágora Teatro, em São Paulo. A outra tem adaptação e direção de Jô Soares e entrará em cartaz no Teatro Faap no dia 27, reunindo nomes como Marco Ricca, Denise Fraga e Glória Menezes.

Frateschi e Roberto Lage, que dirige a montagem, escolheram o clássico shakespeariano "pela profundidade e radicalidade com que o autor revela o homem político na origem do capitalismo", como definiu Frateschi no material de divulgação do espetáculo. O objetivo é fomentar o debate sobre o comportamento humano no século XXI e lançar luzes sobre um novo tempo ainda desconhecido e em construção.

Em cena, Lage dá vida ao personagem central, Ricardo, o Duque de Gloucester. Ele é o sétimo na linha sucessória do trono, então ocupado por seu irmão Eduardo, e vive em tempos de paz, logo após o término das sangrentas batalhas entre as casas de York e Lancaster.

Mas Ricardo tem sede de poder e, para assumir o trono, arquiteta um plano diabólico e violento, que inclui encomendar o assassinato do irmão Clarence e se casar com Anna de York, de quem havia matado o marido e o sogro, entre outras peripécias.

A montagem se ampara em metáforas para colocar o drama histórico em diálogo com a atualidade. Os figurinos não se prendem à época, mas têm a função de reforçar o caráter dos personagens. O palco é elizabetano, ou seja, cercado pelo público por três lados.

Ricardo III - Drama de William Shakespeare, adaptado por Celso Frateschi e dirigido por Roberto Lage. Com Celso Frateschi, Renata Zhaneta, Ricardo Homuth e elenco. No Ágora Teatro - r. Rui Barbosa, 672, São Paulo. Tel.: 3284-0290. Estréia nesta quinta-feira, às 21h. De qui. a sáb., às 21h, e aos domingos, às 19h. Ingr.: R$ 40 e R$ 20 (meia entrada).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Frateschi adapta 'Ricardo III'

Do Diário do Grande ABC

18/05/2006 | 09:57


São Paulo terá, este mês, duas montagens de Ricardo III, de Shakespeare. A primeira a chegar aos palcos é a de Celso Frateschi, sujeito experimentado no teatro político e no 'teatro' da política. A estréia ocorre nesta quinta-feira, às 21h, no Ágora Teatro, em São Paulo. A outra tem adaptação e direção de Jô Soares e entrará em cartaz no Teatro Faap no dia 27, reunindo nomes como Marco Ricca, Denise Fraga e Glória Menezes.

Frateschi e Roberto Lage, que dirige a montagem, escolheram o clássico shakespeariano "pela profundidade e radicalidade com que o autor revela o homem político na origem do capitalismo", como definiu Frateschi no material de divulgação do espetáculo. O objetivo é fomentar o debate sobre o comportamento humano no século XXI e lançar luzes sobre um novo tempo ainda desconhecido e em construção.

Em cena, Lage dá vida ao personagem central, Ricardo, o Duque de Gloucester. Ele é o sétimo na linha sucessória do trono, então ocupado por seu irmão Eduardo, e vive em tempos de paz, logo após o término das sangrentas batalhas entre as casas de York e Lancaster.

Mas Ricardo tem sede de poder e, para assumir o trono, arquiteta um plano diabólico e violento, que inclui encomendar o assassinato do irmão Clarence e se casar com Anna de York, de quem havia matado o marido e o sogro, entre outras peripécias.

A montagem se ampara em metáforas para colocar o drama histórico em diálogo com a atualidade. Os figurinos não se prendem à época, mas têm a função de reforçar o caráter dos personagens. O palco é elizabetano, ou seja, cercado pelo público por três lados.

Ricardo III - Drama de William Shakespeare, adaptado por Celso Frateschi e dirigido por Roberto Lage. Com Celso Frateschi, Renata Zhaneta, Ricardo Homuth e elenco. No Ágora Teatro - r. Rui Barbosa, 672, São Paulo. Tel.: 3284-0290. Estréia nesta quinta-feira, às 21h. De qui. a sáb., às 21h, e aos domingos, às 19h. Ingr.: R$ 40 e R$ 20 (meia entrada).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;