Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 17 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Pepe diz que Portugal é candidato, não favorito, ao título

Reprodução Facebook Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


03/06/2019 | 12:09


A partir desta quarta-feira, até domingo, Portugal receberá as semifinais e a decisão da Liga das Nações, competição criada pela Uefa que está em sua primeira edição. A seleção anfitriã abrirá a fase final contra a Suíça, na Cidade do Porto, e a Inglaterra enfrentará a Holanda, no dia seguinte, em Guimarães. O zagueiro brasileiro naturalizado português Pepe afirmou nesta segunda que o time da casa é candidato ao título, mas não o considera favorito.

"Somos candidatos, pois temos a ambição de querer sempre mais, mas favoritismo não vejo dessa forma. São quatro equipes de muita qualidade que estão nesta competição e temos de respeitar os adversários, mas vamos fazer tudo para ganhar. É importante para nós, para o país e para os torcedores", disse Pepe, em entrevista coletiva nesta segunda-feira.

A seleção de Portugal é a atual campeã da Eurocopa - título inédito conquistado em 2016 contra a anfitriã França, no Stade de France, em Paris. Pepe prometeu um time ambicioso na fase final da Liga das Nações para dar mais alegrias aos torcedores.

"Os portugueses estão habituados com uma seleção trabalhadora, humilde dentro de campo e que respeita os adversários. Temos uma grande ambição de voltar a dar uma alegria ao nosso povo. Não sentimos mais responsabilidade do que em outras competições e estamos orgulhosos de vestir esta camisa. Vamos procurar fazer o nosso trabalho para sairmos todos contentes", afirmou o zagueiro do Porto, que já teve grande passagem pelo Real Madrid.

Depois da Copa do Mundo de 2018 na Rússia, onde Portugal caiu nas oitavas de final para o Uruguai, o atacante Cristiano Ronaldo desfalcou a seleção nos quatro jogos pela fase de classificação da Liga das Nações. Pepe assumiu o posto de capitão e agora diz que devolverá a faixa com muito orgulho.

"Temos o privilégio de ter o melhor jogador do mundo, que é uma máquina de fazer gols. Além de termos o Cristiano, acho que os pontos fortes de Portugal são sermos uma equipe muito humilde e trabalhadora em campo, respeitadora dos seus adversários, mas que também tem muita ambição", contou o zagueiro.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Pepe diz que Portugal é candidato, não favorito, ao título


03/06/2019 | 12:09


A partir desta quarta-feira, até domingo, Portugal receberá as semifinais e a decisão da Liga das Nações, competição criada pela Uefa que está em sua primeira edição. A seleção anfitriã abrirá a fase final contra a Suíça, na Cidade do Porto, e a Inglaterra enfrentará a Holanda, no dia seguinte, em Guimarães. O zagueiro brasileiro naturalizado português Pepe afirmou nesta segunda que o time da casa é candidato ao título, mas não o considera favorito.

"Somos candidatos, pois temos a ambição de querer sempre mais, mas favoritismo não vejo dessa forma. São quatro equipes de muita qualidade que estão nesta competição e temos de respeitar os adversários, mas vamos fazer tudo para ganhar. É importante para nós, para o país e para os torcedores", disse Pepe, em entrevista coletiva nesta segunda-feira.

A seleção de Portugal é a atual campeã da Eurocopa - título inédito conquistado em 2016 contra a anfitriã França, no Stade de France, em Paris. Pepe prometeu um time ambicioso na fase final da Liga das Nações para dar mais alegrias aos torcedores.

"Os portugueses estão habituados com uma seleção trabalhadora, humilde dentro de campo e que respeita os adversários. Temos uma grande ambição de voltar a dar uma alegria ao nosso povo. Não sentimos mais responsabilidade do que em outras competições e estamos orgulhosos de vestir esta camisa. Vamos procurar fazer o nosso trabalho para sairmos todos contentes", afirmou o zagueiro do Porto, que já teve grande passagem pelo Real Madrid.

Depois da Copa do Mundo de 2018 na Rússia, onde Portugal caiu nas oitavas de final para o Uruguai, o atacante Cristiano Ronaldo desfalcou a seleção nos quatro jogos pela fase de classificação da Liga das Nações. Pepe assumiu o posto de capitão e agora diz que devolverá a faixa com muito orgulho.

"Temos o privilégio de ter o melhor jogador do mundo, que é uma máquina de fazer gols. Além de termos o Cristiano, acho que os pontos fortes de Portugal são sermos uma equipe muito humilde e trabalhadora em campo, respeitadora dos seus adversários, mas que também tem muita ambição", contou o zagueiro.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;