Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 26 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Rebeldes muçulmanos filipinos fazem 40 reféns em aldeia


Do Diário do Grande ABC

13/05/2000 | 14:00


Cerca de mil separatistas muçulmanos atacaram esta madrugada uma isolada aldeia no sul das Filipinas e, depois de exigirem comida, fizeram cerca de 40 reféns, fugindo quando tropas governamentais os perseguiram, informaram as autoridades.

Os guerrilheiros da Frente Moro de Libertaçao Islâmica chegaram de madrugada à aldeia de Pamantingan, na província de Sultán Kudarat, acordaram os moradores com tiros para o ar e os obrigaram a ir para a rua.

Depois que 100 moradores da localidade foram reunidos na praça, os rebeldes revistaram casa por casa à procura de alimentos, mas nao feriram ninguém.

Quem conseguiu escapar contou que os rebeldes levaram pelo menos 40 reféns, inclusive mulheres e crianças, para as montanhas próximas, escapando da perseguiçao dos soldados.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Rebeldes muçulmanos filipinos fazem 40 reféns em aldeia

Do Diário do Grande ABC

13/05/2000 | 14:00


Cerca de mil separatistas muçulmanos atacaram esta madrugada uma isolada aldeia no sul das Filipinas e, depois de exigirem comida, fizeram cerca de 40 reféns, fugindo quando tropas governamentais os perseguiram, informaram as autoridades.

Os guerrilheiros da Frente Moro de Libertaçao Islâmica chegaram de madrugada à aldeia de Pamantingan, na província de Sultán Kudarat, acordaram os moradores com tiros para o ar e os obrigaram a ir para a rua.

Depois que 100 moradores da localidade foram reunidos na praça, os rebeldes revistaram casa por casa à procura de alimentos, mas nao feriram ninguém.

Quem conseguiu escapar contou que os rebeldes levaram pelo menos 40 reféns, inclusive mulheres e crianças, para as montanhas próximas, escapando da perseguiçao dos soldados.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;