Fechar
Publicidade

Sábado, 27 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Substituição tributária abre brecha para perda de R$ 2 bi



21/11/2009 | 07:00


A adoção do regime de substituição tributária abriu brecha para a sonegação de R$ 2,071 bilhões do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) nos últimos três meses. O cálculo é da própria Secretaria Estadual da Fazenda, que encaminhou ao Ministério Público do Estado 1.743 representações criminais contra contribuintes que repassaram o valor do imposto em suas mercadorias sem ter de fato recolhido o tributo.

"Não repassar para a Fazenda o ICMS cobrado do comerciante é uma forma de apropriação indébita", disse o coordenador da administração tributária da Fazenda estadual, Otávio Fineis Júnior. "A substituição tributária, quando burlada, dá uma vantagem maior a quem está trabalhando de forma ilegal, pois o sonegador acaba pagando imposto zero. O modelo traz esse inconveniente." Apesar disso, Fineis descartou a revisão do regime. "A substituição é eficaz contra a sonegação, mas não resolve todos os problemas."

O modelo transfere para o início da cadeia produtiva, ou seja, para o produtor, o recolhimento do ICMS das demais fases até o consumidor final.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;