Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 29 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Flamengo domina a seleção do Brasileirão

Fotos públicas Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Rubro-Negro tem nove atletas mais técnico Jorge Jesus entre os melhores da competição


Dérek Bittencourt
com agências

10/12/2019 | 07:00


A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) premiou ontem, em grandiosa festa no Rio de Janeiro, os melhores jogadores do Brasileirão. E o campeão Flamengo teve nove jogadores mais o técnico Jorge Jesus na seleção. O atacante são-bernardense Gabriel ganhou troféu pela artilharia, com 25 gols, enquanto seus colegas Bruno Henrique e Everton Ribeiro levaram, respectivamente, como melhor jogador e craque da galera. O prêmio de gol mais bonito também ficou com um flamenguista: Arrascaeta, pelo tento de bicicleta anotado sobre o Ceará, no Castelão. Já Michael, do Goiás, foi a revelação.

A seleção foi eleita por capitães dos clubes, treinadores e jornalistas, e foi composta da seguinte forma: Santos (Athletico-PR); Rafinha (Flamengo), Rodrigo Caio (Flamengo), Pablo Marí (Flamengo) e Filipe Luis (Flamengo); Bruno Guimarães (Athletico-PR), Gerson (Flamengo) e Everton Ribeiro (Flamengo); Arrascaeta (Flamengo), Bruno Henrique (Flamengo) e Gabriel (Flamengo). Técnico: Jorge Jesus (Flamengo).

Sem a certeza da continuidade no Rubro-Negro – pertence à Inter de Milão – Gabriel vê a equipe carioca “muito à frente” dos rivais brasileiros. “Creio que o dinheiro não entra em campo. Para buscar o Flamengo, tem que treinar bastante, se dedicar, fazer um trabalho diferente do que fizeram este ano, porque o Flamengo mostrou que está muito à frente. Não só em investimento, mas também em campo, que é o que interessa”, declarou. “Acho que em termos de número, sim (é o melhor ano da carreira), e também de títulos, que era o que eu buscava. Foi por isso que fui para o Flamengo, para ser campeão. Obviamente que títulos individuais enriquecem isso, mas meu objetivo era ser campeão. Fico muito feliz por ter sido campeão do Carioca, do Brasileiro, da Libertadores e quem sabe tem o Mundial também”, emendou o são-bernardense, referindo-se ao torneio que o Flamengo inicia a disputa no dia 17.

ELAS
A festa da CBF deu espaço para as mulheres, com a premiação da seleção das melhores do Brasileirão feminino, com atletas de Ferroviária, Corinthians, Santos e Internacional. Moradora de Santo André, a lateral-esquerda Tamires, do Timão, integrou a equipe das melhores da competição e ainda levou para casa o prêmio de gol mais bonito.

BOLA DE PRATA
A premiação, antigamente promovida pela revista Placar e atualmente realizada pela ESPN, chegou à 50ª edição e teve uma seleção com semelhanças e diferenças composta por: Diego Alves (Flamengo); Rafinha (Flamengo), Lucas Veríssimo (Santos), Gustavo Gómez (Palmeiras) e Jorge (Santos); Willian Arão (Flamengo), Gerson (Flamengo) e Arrascaeta (Flamengo); Bruno Henrique (Flamengo), Dudu (Palmeiras) e Gabriel (Flamengo). Técnico: Jorge Jesus (Flamengo). A revelação foi Michael (Goiás) e o gol mais bonito, de Arrascaeta (Flamengo). A Bola de Ouro, prêmio máximo, ficou com o goleador Gabigol. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;