Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Pai de acusados vai à missa de 7º dia de casal assassinado


Do Diário OnLine

10/11/2002 | 15:28


Astrogildo Cravinhos de Paula e Silva Filho, pai de Daniel e Christian, envolvidos no assassinato de Manfred Albert e Marísia von Richthofen, esteve neste domingo na Igreja Evangélica Luterana de São Paulo, na zona Sul, onde foi realizada uma missa de sétimo dia em homenagem ao casal. Segundo Astrogildo, sua intenção era "dar um abraço em Andreas", filho das vítimas.

Ele chegou ao local por volta das 10h, cumprimentou familiares de Manfred e Marísia e deixou a igreja antes do início do culto para "não dar trabalho". "Eu vim apenas abraçar o Andreas, já que ele freqüentou minha casa por três anos e eu gosto muito dele", disse à imprensa.

A cerimônia em homenagem ao casal reuniu cerca de 450 pessoas. O pastor Herman Wille disse que a igreja dará todo o suporte a Andreas para que ele encontre "um caminho de reconstrução em meio à tragédia". "O garoto está atordoado e busca referências para seguir a vida", acrescentou.

O adolescente, de 15 anos, é o filho mais novo de Manfred e Marísia von Richthofen. Sua irmã, Suzane, 19 anos, foi a mentora do assassinato dos pais. Ela contou com a ajuda do namorado, Daniel Cravinhos, e do cunhado, Christian, para executar o crime, ocorrido no dia 31 de outubro.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;