Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 26 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Região acumula 80 mortes por Covid-19 nesta semana

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Média é de 20 perdas a cada dia; no total, são 3.826 falecimentos e 108.736 diagnósticos


Flavia Kurotori
Do Diário do Grande ABC

21/01/2021 | 00:01


Após registrar mais 24 mortes em razão da Covid-19 ontem, a região soma 80 óbitos confirmados apenas nesta semana. A média é de 20 perdas por dia. Ao todo, o novo coronavírus ceifou 3.826 vidas desde o início da pandemia no Grande ABC, de acordo com os boletins epidemiológicos enviados pelas prefeituras.

Cidade com maior número absoluto de mortes, São Bernardo contabiliza 1.305 falecimentos, seguida por Santo André (957), Diadema (596), Mauá (475), São Caetano (341), Ribeirão Pires (123) e Rio Grande da Serra (29). A letalidade, ou seja, o percentual de pessoas infectadas que morreram na região, é de 3,52%.

Em relação aos casos, o Grande ABC registrou mais 2.107 infectados nesta semana, aproximadamente 527 diagnósticos por dia. O total é de 108.736 positivos, sendo 41.669 em São Bernardo, 32.190 em Santo André, 14.151 em Diadema, 9.545 em Mauá, 6.701 em São Caetano, 3.556 em Ribeirão Pires e 924 em Rio Grande da Serra. Ao menos 89.423 pacientes foram recuperados.

No Estado de São Paulo já ocorreram 1.658.636 casos e 50.652 vítimas fatais desde o início da pandemia. Apenas em janeiro foram confirmados 196.339 diagnósticos e 3.935 mortes. Já em dezembro, entre os dias 1º e 20, foram adicionados ao boletim 142.447 casos e 2.934 óbitos. Ou seja, neste mês houve acréscimo de 37% nos positivos e de 34% nos falecimentos. 

Segundo o governo estadual, a taxa de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) é de 70% no Estado e de 70,5% na Grande São Paulo, região que inclui as sete cidades do Grande ABC. São 6.053 indivíduos hospitalizados em unidades de terapia intensiva. São 1.417.301 recuperados em São Paulo.

Boletim divulgado pelo Ministério da Saúde indicou que 8.638.249 brasileiros já pegaram a Covid. Dentre eles, 212.831 morreram e 7.564.622 estão recuperados. Segundo a Pasta, 860.796 pacientes estão em acompanhamento.

Depois de São Paulo, o Rio de Janeiro é o Estado mais crítico, com 28.215 óbitos, seguido por Minas Gerais (13.721).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Região acumula 80 mortes por Covid-19 nesta semana

Média é de 20 perdas a cada dia; no total, são 3.826 falecimentos e 108.736 diagnósticos

Flavia Kurotori
Do Diário do Grande ABC

21/01/2021 | 00:01


Após registrar mais 24 mortes em razão da Covid-19 ontem, a região soma 80 óbitos confirmados apenas nesta semana. A média é de 20 perdas por dia. Ao todo, o novo coronavírus ceifou 3.826 vidas desde o início da pandemia no Grande ABC, de acordo com os boletins epidemiológicos enviados pelas prefeituras.

Cidade com maior número absoluto de mortes, São Bernardo contabiliza 1.305 falecimentos, seguida por Santo André (957), Diadema (596), Mauá (475), São Caetano (341), Ribeirão Pires (123) e Rio Grande da Serra (29). A letalidade, ou seja, o percentual de pessoas infectadas que morreram na região, é de 3,52%.

Em relação aos casos, o Grande ABC registrou mais 2.107 infectados nesta semana, aproximadamente 527 diagnósticos por dia. O total é de 108.736 positivos, sendo 41.669 em São Bernardo, 32.190 em Santo André, 14.151 em Diadema, 9.545 em Mauá, 6.701 em São Caetano, 3.556 em Ribeirão Pires e 924 em Rio Grande da Serra. Ao menos 89.423 pacientes foram recuperados.

No Estado de São Paulo já ocorreram 1.658.636 casos e 50.652 vítimas fatais desde o início da pandemia. Apenas em janeiro foram confirmados 196.339 diagnósticos e 3.935 mortes. Já em dezembro, entre os dias 1º e 20, foram adicionados ao boletim 142.447 casos e 2.934 óbitos. Ou seja, neste mês houve acréscimo de 37% nos positivos e de 34% nos falecimentos. 

Segundo o governo estadual, a taxa de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) é de 70% no Estado e de 70,5% na Grande São Paulo, região que inclui as sete cidades do Grande ABC. São 6.053 indivíduos hospitalizados em unidades de terapia intensiva. São 1.417.301 recuperados em São Paulo.

Boletim divulgado pelo Ministério da Saúde indicou que 8.638.249 brasileiros já pegaram a Covid. Dentre eles, 212.831 morreram e 7.564.622 estão recuperados. Segundo a Pasta, 860.796 pacientes estão em acompanhamento.

Depois de São Paulo, o Rio de Janeiro é o Estado mais crítico, com 28.215 óbitos, seguido por Minas Gerais (13.721).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;