Fechar
Publicidade

Sábado, 31 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Grande ABC registra 92 mortes em apenas cinco dias

Pixabay Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Sete cidades levaram 40 dias para alcançar este mesmo número no início da pandemia


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

16/05/2020 | 00:01


O Grande ABC acumulou ontem os piores cinco dias desde o início da pandemia no que se refere aos dados de munícipes infectados ou mortos pela Covid-19. De acordo com informações enviadas pelas prefeituras ontem, a região somou desde segunda-feira, 92 óbitos (número que as sete cidades haviam levado 40 dias para alcançar) e 672 infectados pela doença.

Somente ontem foram 19 novas vítimas fatais. Chama atenção que 11 delas foram registradas em Diadema. As demais aconteceram em São Bernardo (cinco), Santo André (duas) e Mauá (uma). Já São Caetano, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra mantiveram os dados da véspera.
Nos números referentes a casos confirmados, o Grande ABC alcançou 3.493 pessoas positivadas para a doença. Por outro lado, 6.654 aguardam resultados de testes para saber se estão ou estiveram com o vírus.

Já no Estado, foram registradas 186 novas vítimas fatais da doença, totalizando 4.501 desde a primeira confirmação. Além disso, com a contabilização de mais 3.961 pacientes que testaram positivo ao coronavírus, o número de casos confirmados em São Paulo alcançou 58.247, o que representa um quarto do registrado em todo o País – que ontem informou 218.223 pessoas infectadas desde fevereiro. O Brasil ainda divulgou ter se aproximado dos 15 mil óbitos: são 14.817, sendo 824 nas últimas 24 horas.

O mundo superou ontem os 4,5 milhões de positivados para a Covid-19. Destas, 307.108 evoluíram para óbito, em número similar ao de vítimas fatais do grande terremoto que destruiu o Haiti, há dez anos (o abalo sísmico deixou ainda 350 mil feridos e mais de 1,5 milhão de desabrigados). Os Estados Unidos seguem como país mais afetado pelo novo coronavírus: são 1.472.743 infectados e 88.199 (o equivalente a um quinto das mortes do mundo). 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;