Fechar
Publicidade

Domingo, 17 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Tecnologia

tecnologia@dgabc.com.br | 4435-8301

Coronavírus chega à internet: cibercriminosos aproveitam surto para disseminar malware

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Da Redação, com assessoria
Do 33Giga

10/02/2020 | 15:48


As tecnologias de detecção da Kaspersky encontraram malwares disfarçados de documentos com informações sobre o coronavírus. Os arquivos maliciosos apresentam os formatos .pdf, .mp4, .docx e seus nomes indicam que eles contêm instruções em vídeo sobre como se proteger contra o surto da doença, atualizações sobre a ameaça e até procedimentos de detecção do vírus.

Leia mais:
Segurança expressa: dicas simples e rápidas para aumentar sua proteção no mundo digital
Site mostra se seus dados já foram vazados por hackers
Alerta: malwares detectados diminuem no Android e aumentam no iOS

Na verdade, esses documentos contém uma série de ameaças, que vão de trojans a worms, capazes de destruir, bloquear, modificar ou copiar dados, além de interferir na operação de computadores ou redes de máquinas.

“Até agora vimos apenas 10 malwares exclusivos usando o tema do coronavírus. Como golpes utilizando temas populares na mídia são comuns, acreditamos que esses ataques só tendem a aumentar conforme as infecções e repercussão sobre o surto crescem”, comenta Anton Ivanov, analista de malware da Kaspersky.

Para evitar ser vítima deste tipo de golpe, a Kaspersky recomenda:

– Evitem links suspeitos, prometendo conteúdo exclusivo. Consulte fontes oficiais para obter informações confiáveis e legítimas;
– Veja a extensão do arquivo baixado. Os documentos e arquivos de vídeo não devem ter os formatos .exe ou .lnk;
– Para bloquear malwares escondidos, use uma solução de segurança confiável, como o Kaspersky Security Cloud.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

Na galeria, conheça a história de 15 hackers famosos:

 
 
<
>


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Coronavírus chega à internet: cibercriminosos aproveitam surto para disseminar malware

Da Redação, com assessoria
Do 33Giga

10/02/2020 | 15:48


As tecnologias de detecção da Kaspersky encontraram malwares disfarçados de documentos com informações sobre o coronavírus. Os arquivos maliciosos apresentam os formatos .pdf, .mp4, .docx e seus nomes indicam que eles contêm instruções em vídeo sobre como se proteger contra o surto da doença, atualizações sobre a ameaça e até procedimentos de detecção do vírus.

Leia mais:
Segurança expressa: dicas simples e rápidas para aumentar sua proteção no mundo digital
Site mostra se seus dados já foram vazados por hackers
Alerta: malwares detectados diminuem no Android e aumentam no iOS

Na verdade, esses documentos contém uma série de ameaças, que vão de trojans a worms, capazes de destruir, bloquear, modificar ou copiar dados, além de interferir na operação de computadores ou redes de máquinas.

“Até agora vimos apenas 10 malwares exclusivos usando o tema do coronavírus. Como golpes utilizando temas populares na mídia são comuns, acreditamos que esses ataques só tendem a aumentar conforme as infecções e repercussão sobre o surto crescem”, comenta Anton Ivanov, analista de malware da Kaspersky.

Para evitar ser vítima deste tipo de golpe, a Kaspersky recomenda:

– Evitem links suspeitos, prometendo conteúdo exclusivo. Consulte fontes oficiais para obter informações confiáveis e legítimas;
– Veja a extensão do arquivo baixado. Os documentos e arquivos de vídeo não devem ter os formatos .exe ou .lnk;
– Para bloquear malwares escondidos, use uma solução de segurança confiável, como o Kaspersky Security Cloud.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

Na galeria, conheça a história de 15 hackers famosos:

 
 
<
>

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;