Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 25 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

PT tem dois nomes para a presidência da Câmara

Tiago Silva/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Gustavo Pinchiaro
Do Diário do Grande ABC

12/11/2010 | 07:09


A bancada do PT na Câmara de Diadema se reúne no dia 23 para discutir quem será o candidato à presidência. Até então dois nomes estão colocados dentro do partido: o atual presidente Manoel Eduardo Marinho, o Maninho, e o vereador José Antonio da Silva. A eleição para composição da mesa diretora está marcada para dia 16 de novembro.

Maninho quer disputar a reeleição, mas ainda depende das discussões do partido. "Meu nome está colocado e do Zé Antonio também, mas ainda não discutimos isso", declarou. O adversário, no entanto, desconversou sobre a disputa. "Tivemos uma primeira reunião e o Maninho colocou o nome dele. Por enquanto só temos o nome dele", disse Zé Antonio.

O postulante ao cargo de Maninho foi candidato a deputado estadual nesta eleição com apoio do prefeito Mário Reali (PT). Questionado se leva vantagem pela proximidade com o prefeito, o petista também desviou. "Vamos discutir ainda".

A cadeira de presidente tradicionalmente tem ficado nas mãos do PT, assim como a Prefeitura, nos últimos dez anos. Dos 17 vereadores, 14 estão com o governo. Ambos os petistas defendem que a indicação do próximo líder do Legislativo seja feita em conjunto com as outras bancadas. Mas a definição caminha para que os outros partidos se contentem com cargos na mesa diretora como vice-presidência e secretários.

"O PT nunca foi problema. Nós vamos tirar um nome. O problema é a discussão com as outras bancadas. Vamos construir uma chapa coletiva. Hoje a vice é ocupada pelo PV, o PSB está na mesa também. Ainda temos muito tempo e muita conversa para botar em dia", explicou Zé Antonio.

A construção do novo plenário da Câmara é o principal legado deixado por Maninho. A obra promete modernizar as instalações pouco usais do atual espaço.

Segundo o presidente, a obra foi orçada em R$ 147 mil. O novo plenário vai substituir a atual estrutura que concentra a copa, sala de imprensa atrás do plenário. O formato é pouco usual, exemplo é o local onde os jornalistas acompanham as sessões: uma mesa em frente ao presidente dentro do plenário.

"Vamos projetar o plenário para, no mínimo, 21 vereadores", comentou. A Casa sofrerá aumento do número de cadeiras. A previsão é entre 21 ou 23 acentos, que serão votados em plenário até outubro do ano que vem. A informação é do vereador Laércio Soares (PCdoB), que integra a Abracam (Associação Brasileira de Câmaras Municipais). A inauguração da obra é prevista para o dia 5.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

PT tem dois nomes para a presidência da Câmara

Gustavo Pinchiaro
Do Diário do Grande ABC

12/11/2010 | 07:09


A bancada do PT na Câmara de Diadema se reúne no dia 23 para discutir quem será o candidato à presidência. Até então dois nomes estão colocados dentro do partido: o atual presidente Manoel Eduardo Marinho, o Maninho, e o vereador José Antonio da Silva. A eleição para composição da mesa diretora está marcada para dia 16 de novembro.

Maninho quer disputar a reeleição, mas ainda depende das discussões do partido. "Meu nome está colocado e do Zé Antonio também, mas ainda não discutimos isso", declarou. O adversário, no entanto, desconversou sobre a disputa. "Tivemos uma primeira reunião e o Maninho colocou o nome dele. Por enquanto só temos o nome dele", disse Zé Antonio.

O postulante ao cargo de Maninho foi candidato a deputado estadual nesta eleição com apoio do prefeito Mário Reali (PT). Questionado se leva vantagem pela proximidade com o prefeito, o petista também desviou. "Vamos discutir ainda".

A cadeira de presidente tradicionalmente tem ficado nas mãos do PT, assim como a Prefeitura, nos últimos dez anos. Dos 17 vereadores, 14 estão com o governo. Ambos os petistas defendem que a indicação do próximo líder do Legislativo seja feita em conjunto com as outras bancadas. Mas a definição caminha para que os outros partidos se contentem com cargos na mesa diretora como vice-presidência e secretários.

"O PT nunca foi problema. Nós vamos tirar um nome. O problema é a discussão com as outras bancadas. Vamos construir uma chapa coletiva. Hoje a vice é ocupada pelo PV, o PSB está na mesa também. Ainda temos muito tempo e muita conversa para botar em dia", explicou Zé Antonio.

A construção do novo plenário da Câmara é o principal legado deixado por Maninho. A obra promete modernizar as instalações pouco usais do atual espaço.

Segundo o presidente, a obra foi orçada em R$ 147 mil. O novo plenário vai substituir a atual estrutura que concentra a copa, sala de imprensa atrás do plenário. O formato é pouco usual, exemplo é o local onde os jornalistas acompanham as sessões: uma mesa em frente ao presidente dentro do plenário.

"Vamos projetar o plenário para, no mínimo, 21 vereadores", comentou. A Casa sofrerá aumento do número de cadeiras. A previsão é entre 21 ou 23 acentos, que serão votados em plenário até outubro do ano que vem. A informação é do vereador Laércio Soares (PCdoB), que integra a Abracam (Associação Brasileira de Câmaras Municipais). A inauguração da obra é prevista para o dia 5.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;