Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 28 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Projeto do MPT oferece curso para população trans na região

Aulas on-line com vários temas têm como meta auxiliar entrada no mercado de trabalho


Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

06/08/2020 | 00:01


Homens e mulheres transexuais, moradores do Grande ABC, podem se inscrever até o dia 10 no curso on-line cozinha & voz. Iniciativa do MPT (Ministério Público do Trabalho) e da OIT (Organização Internacional do Trabalho), o programa vai ofertar, de maneira virtual, aulas de culinária, empreendedorismo, dança, poesia, além de palestras sobre assuntos diversos, com ênfase na realidade de pessoas trans e combate ao preconceito.

Serão de 25 a 50 vagas, destinadas a pessoas em situação de vulnerabilidade. O curso tem duração estimada de três meses e carga horária de oito horas semanais, em média. Além do curso, será ofertada bolsa auxílio de R$ 500 para os participantes. O projeto conta com apoio da chef de cozinha Paola Carossela, que atua na parte das técnicas culinárias, e da Casa Poema, instituição fundada pela atriz e poetisa Elisa Lucinda, e pela atriz Geovana Pires, que colaboram com as aulas de poesia, dança e canto. O Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e a Unaids (Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids) também são parceiros da iniciativa.

Procuradora do trabalho e gerente do Projeto Nacional de Empregabilidade da População LGBTIQ+ do MPT, Sofia Vilela de Moraes e Silva explicou que o recurso para manter as aulas é oriundo de multas de danos morais coletivos aplicadas no próprio Grande ABC. “É um dinheiro que se reverte para a comunidade”, comentou.
As inscrições podem ser feitas pelo link forms.gle/LPVSEcVUEZeNm38w9. Após a primeira fase de informação dos dados, haverá seleção por entrevistas on-line, que vai levar em consideração a vulnerabilidade dos interessados e a disponibilidade.

Criado em 2017, o programa Cozinha & Voz já capacitou mais de 300 pessoas em todo o Brasil como assistentes de cozinha em diversas cidades do País, sendo que 70% delas estão empregadas em empresas ou montaram o próprio negócio no setor de gastronomia. Desde o início da pandemia, as aulas têm sido feitas de maneira on-line. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Projeto do MPT oferece curso para população trans na região

Aulas on-line com vários temas têm como meta auxiliar entrada no mercado de trabalho

Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

06/08/2020 | 00:01


Homens e mulheres transexuais, moradores do Grande ABC, podem se inscrever até o dia 10 no curso on-line cozinha & voz. Iniciativa do MPT (Ministério Público do Trabalho) e da OIT (Organização Internacional do Trabalho), o programa vai ofertar, de maneira virtual, aulas de culinária, empreendedorismo, dança, poesia, além de palestras sobre assuntos diversos, com ênfase na realidade de pessoas trans e combate ao preconceito.

Serão de 25 a 50 vagas, destinadas a pessoas em situação de vulnerabilidade. O curso tem duração estimada de três meses e carga horária de oito horas semanais, em média. Além do curso, será ofertada bolsa auxílio de R$ 500 para os participantes. O projeto conta com apoio da chef de cozinha Paola Carossela, que atua na parte das técnicas culinárias, e da Casa Poema, instituição fundada pela atriz e poetisa Elisa Lucinda, e pela atriz Geovana Pires, que colaboram com as aulas de poesia, dança e canto. O Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e a Unaids (Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids) também são parceiros da iniciativa.

Procuradora do trabalho e gerente do Projeto Nacional de Empregabilidade da População LGBTIQ+ do MPT, Sofia Vilela de Moraes e Silva explicou que o recurso para manter as aulas é oriundo de multas de danos morais coletivos aplicadas no próprio Grande ABC. “É um dinheiro que se reverte para a comunidade”, comentou.
As inscrições podem ser feitas pelo link forms.gle/LPVSEcVUEZeNm38w9. Após a primeira fase de informação dos dados, haverá seleção por entrevistas on-line, que vai levar em consideração a vulnerabilidade dos interessados e a disponibilidade.

Criado em 2017, o programa Cozinha & Voz já capacitou mais de 300 pessoas em todo o Brasil como assistentes de cozinha em diversas cidades do País, sendo que 70% delas estão empregadas em empresas ou montaram o próprio negócio no setor de gastronomia. Desde o início da pandemia, as aulas têm sido feitas de maneira on-line. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;