Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 30 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Alvo de denúncia, Estevam enterra candidatura ao Paço

Reprodução Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Advogado, que gerenciou repasse suspeito à Aciscs, anunciou ontem apoio a Fabio Palacio


Júnior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

16/07/2020 | 00:01


Figura central de investigação da Prefeitura de São Caetano que apontou irregularidades em repasse de R$ 1 milhão à Aciscs (Associação Comercial e Industrial de São Caetano), o advogado Walter Estevam Junior (Republicanos), ex-presidente da entidade, desistiu de disputar a Prefeitura neste ano e anunciou ontem apoio à candidatura de Fabio Palacio (PSD) ao Paço.

A decisão de Estevam foi divulgada ontem em vídeo publicado nas redes sociais de Palacio. O conteúdo, porém, foi apagado minutos depois. “São Caetano precisa voltar a crescer. Mesmo neste período de pandemia, a Prefeitura não teve nenhum projeto para colaborar com os comerciantes, prestadores de serviços e indústrias. A sociedade precisa de união, de forças políticas e sociais para fazer uma cidade que tenha condições de crescer para todos. É por isso que eu, meu grupo e o Republicanos resolvemos apoiar como pré-candidato a prefeito Fabio Palacio, para uma cidade melhor, com São Caetano voltando a crescer”, declarou Estevam, que aparece ao lado de Palacio, ambos de máscara, em vídeo gravado na Rua Visconde de Inhaúma.

Em seguida, Palacio agradece o apoio. “Walter, obrigado a você e a todas as lideranças do Republicanos. O apoio de vocês é muito importante. Juntos somos mais fortes, e a gente pode fazer uma cidade mais digna e mais justa para todo mundo que mora em São Caetano. A cidade precisa voltar a crescer, com mais emprego, com mais renda e principalmente com mais investimentos. Eu não tenho dúvidas que São Caetano pode ser muito melhor”, diz o pessedista.

Estevam assumiu o Republicanos no início do ano passado e começou a pavimentar candidatura ao Palácio da Cerâmica. O advogado passou a defender bandeiras, como o fim da taxa do lixo na cidade, na mesma época em que o Diário revelou que o governo Auricchio encontrou irregularidades na prestação de contas relacionadas ao repasse de verbas públicas para a Aciscs, feito em 2016, para custeio da campanha Natal Iluminado.

Sindicância interna do Paço identificou inconsistências no uso dos valores e determinou a devolução do montante. Desde então, Estevam vem acumulando desgastes – o caso gerou abertura de CPI na Câmara – e derrotas judiciais nas tentativas de reverter o ressarcimento da verba ao erário. Estevam nega ilegalidades no episódio. No mês passado, a Justiça de São Caetano decretou o bloqueio de bens da Aciscs e de Estevam no âmbito de ação civil de improbidade administrativa movida pela Prefeitura que tem como base o caso do Natal Iluminado.Nos últimos dias, Palacio também anunciou adesão de outra figura envolvida no episódio, o ex-prefeito Paulo Pinheiro (ex-MDB, hoje DEM). Foi na gestão de Pinheiro que o repasse foi avalizado. O apoio também foi celebrado em vídeo.

Walter Estevam não respondeu aos contatos do Diário para comentar a decisão. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Alvo de denúncia, Estevam enterra candidatura ao Paço

Advogado, que gerenciou repasse suspeito à Aciscs, anunciou ontem apoio a Fabio Palacio

Júnior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

16/07/2020 | 00:01


Figura central de investigação da Prefeitura de São Caetano que apontou irregularidades em repasse de R$ 1 milhão à Aciscs (Associação Comercial e Industrial de São Caetano), o advogado Walter Estevam Junior (Republicanos), ex-presidente da entidade, desistiu de disputar a Prefeitura neste ano e anunciou ontem apoio à candidatura de Fabio Palacio (PSD) ao Paço.

A decisão de Estevam foi divulgada ontem em vídeo publicado nas redes sociais de Palacio. O conteúdo, porém, foi apagado minutos depois. “São Caetano precisa voltar a crescer. Mesmo neste período de pandemia, a Prefeitura não teve nenhum projeto para colaborar com os comerciantes, prestadores de serviços e indústrias. A sociedade precisa de união, de forças políticas e sociais para fazer uma cidade que tenha condições de crescer para todos. É por isso que eu, meu grupo e o Republicanos resolvemos apoiar como pré-candidato a prefeito Fabio Palacio, para uma cidade melhor, com São Caetano voltando a crescer”, declarou Estevam, que aparece ao lado de Palacio, ambos de máscara, em vídeo gravado na Rua Visconde de Inhaúma.

Em seguida, Palacio agradece o apoio. “Walter, obrigado a você e a todas as lideranças do Republicanos. O apoio de vocês é muito importante. Juntos somos mais fortes, e a gente pode fazer uma cidade mais digna e mais justa para todo mundo que mora em São Caetano. A cidade precisa voltar a crescer, com mais emprego, com mais renda e principalmente com mais investimentos. Eu não tenho dúvidas que São Caetano pode ser muito melhor”, diz o pessedista.

Estevam assumiu o Republicanos no início do ano passado e começou a pavimentar candidatura ao Palácio da Cerâmica. O advogado passou a defender bandeiras, como o fim da taxa do lixo na cidade, na mesma época em que o Diário revelou que o governo Auricchio encontrou irregularidades na prestação de contas relacionadas ao repasse de verbas públicas para a Aciscs, feito em 2016, para custeio da campanha Natal Iluminado.

Sindicância interna do Paço identificou inconsistências no uso dos valores e determinou a devolução do montante. Desde então, Estevam vem acumulando desgastes – o caso gerou abertura de CPI na Câmara – e derrotas judiciais nas tentativas de reverter o ressarcimento da verba ao erário. Estevam nega ilegalidades no episódio. No mês passado, a Justiça de São Caetano decretou o bloqueio de bens da Aciscs e de Estevam no âmbito de ação civil de improbidade administrativa movida pela Prefeitura que tem como base o caso do Natal Iluminado.Nos últimos dias, Palacio também anunciou adesão de outra figura envolvida no episódio, o ex-prefeito Paulo Pinheiro (ex-MDB, hoje DEM). Foi na gestão de Pinheiro que o repasse foi avalizado. O apoio também foi celebrado em vídeo.

Walter Estevam não respondeu aos contatos do Diário para comentar a decisão. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;