Fechar
Publicidade

Domingo, 29 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Estado de São Paulo registra mais de 4.000 casos de Covid-19 em 24 horas

Secom/Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


20/06/2020 | 17:51


O Estado de São Paulo alcançou neste sábado (20) 215.793 casos do novo coronavírus. Foram 4.135 registros nas últimas 24 horas. O número de óbitos chegou a 12.494, 262 mortes a mais do que na sexta-feira, dia 19.

De acordo com o governo, entre os 645 municípios do Estado, houve pelo menos uma pessoa infectada em 601 cidades, sendo que 332 têm um ou mais óbitos. Entre as vítimas fatais estão 7.222 homens e 5.272 mulheres. As taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 70,5% na Grande São Paulo e 66,5% no Estado.

Projeções feitas pelo próprio governo mostram que o Estado pode ter até 18 mil mortes e até 290 mil casos confirmados da doença até o final de junho.

O número de casos na sexta-feira bateu o recorde de 19.030 casos confirmados em 24 horas. De acordo com a gestão Doria, isso ocorreu porque houve um acúmulo de registros após ocorrer um problema durante dois dias da semana na atualização dos dados via e-SUS. De acordo com a Secretaria de Saúde, o sistema já foi normalizado.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Estado de São Paulo registra mais de 4.000 casos de Covid-19 em 24 horas


20/06/2020 | 17:51


O Estado de São Paulo alcançou neste sábado (20) 215.793 casos do novo coronavírus. Foram 4.135 registros nas últimas 24 horas. O número de óbitos chegou a 12.494, 262 mortes a mais do que na sexta-feira, dia 19.

De acordo com o governo, entre os 645 municípios do Estado, houve pelo menos uma pessoa infectada em 601 cidades, sendo que 332 têm um ou mais óbitos. Entre as vítimas fatais estão 7.222 homens e 5.272 mulheres. As taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 70,5% na Grande São Paulo e 66,5% no Estado.

Projeções feitas pelo próprio governo mostram que o Estado pode ter até 18 mil mortes e até 290 mil casos confirmados da doença até o final de junho.

O número de casos na sexta-feira bateu o recorde de 19.030 casos confirmados em 24 horas. De acordo com a gestão Doria, isso ocorreu porque houve um acúmulo de registros após ocorrer um problema durante dois dias da semana na atualização dos dados via e-SUS. De acordo com a Secretaria de Saúde, o sistema já foi normalizado.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;