Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 12 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Igreja faz distribuição de 200 cestas básicas

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ação da Renascer em Cristo é realizada em todo o País e vai entregar 40 toneladas de mantimentos


Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

17/04/2020 | 00:01


Integrantes da Igreja Renascer em Cristo de São Bernardo realizaram ontem a entrega de 200 cestas básicas a famílias que vivem na região de divisa entre a cidade e Diadema, no bairro Acampamento dos Engenheiros. A ação visa atenuar os efeitos das perdas econômicas em decorrência da pandemia da Covid-19 para famílias em situação de vulnerabilidade social. A ação, organizada pelo ministério Expresso da Solidariedade em âmbito nacional, vai distribuir 3.200 cestas básicas e 40 toneladas de alimento.

Janete Luna da Silva, 46 anos, foi uma das beneficiadas. A munícipe faz pães em casa para vender, mas viu a renda cair com o avanço da pandemia. Das quatro pessoas que moram com ela, o marido e três filhos, quem não está desempregado está sem poder trabalhar por causa da quarentena. “Esta cesta chega em muito boa hora, tanto para mim quanto para as outras famílias”, relatou. Pastora, Janete auxiliou no cadastramento dos beneficiados. “Fizemos o cadastro de 100 <CF51>(famílias)</CF>, mas vieram mais cestas e quem estava aqui também recebeu”, completou.

Responsável por sete igrejas e 70 células na região, o administrador Phillip Guimarães, 35, explicou que as famílias foram contatadas previamente e receberam senhas para o atendimento. Cerca de 200 pessoas, entre fiéis e voluntários, trabalharam na captação das doações, montagem e entrega das cestas.

“Estamos recebendo doações na sede da nossa igreja, todos os dias, das 20h às 22h. Montamos um plantão e a pessoa não precisa nem descer do carro. A gente retira os alimentos e já abençoamos o veículo”, explicou Guimarães, que é bispo na igreja. O endereço é Rua Francisco Adamo, 80, Centro de São Bernardo.

FACULDADE DE DIREITO

Na Universidade Anhanguera, os alunos do curso de direito também estão arrecadando doações para famílias que tiveram perdas financeiras em meio à pandemia da Covid-19. Já foram cadastradas 50 famílias de Santo André, Mauá e da Zona Leste de São Paulo. Além de alimentos, também serão entregues produtos de higiene pessoal e limpeza e brinquedos para as crianças. “Começamos a idealizar na semana passada e logo fizemos artes para divulgarmos nas nossas redes sociais”, relatou a coordenadora do curso e idealizadora da iniciativa, Daniele Reis.

De acordo com a docente, a adesão dos alunos foi imediata e foram eles quem identificaram as famílias. “Também estamos prestando apoio para quem pode solicitar o auxílio do governo, tirando dúvidas e orientando”, concluiu.

As doações podem ser entregues nas quatro unidades da instituição. Em Santo André na Avenida Guaianazes, 351, Vila Homero Thon, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, e na Rua Bernardino de Campos, 188, Centro, de quinta-feira a sábado, das 12h às 17h. Em Mauá, na Rua Luiz Varin, 226, Vila Carlina, de segunda a quinta-feira, das 7h às 17h e na sexta-feira até às 16h; e na Rua Vicente Celestino, 1.136, Jardim Silvia Mauá, de segunda a sábado, das 13h às 19h. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Igreja faz distribuição de 200 cestas básicas

Ação da Renascer em Cristo é realizada em todo o País e vai entregar 40 toneladas de mantimentos

Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

17/04/2020 | 00:01


Integrantes da Igreja Renascer em Cristo de São Bernardo realizaram ontem a entrega de 200 cestas básicas a famílias que vivem na região de divisa entre a cidade e Diadema, no bairro Acampamento dos Engenheiros. A ação visa atenuar os efeitos das perdas econômicas em decorrência da pandemia da Covid-19 para famílias em situação de vulnerabilidade social. A ação, organizada pelo ministério Expresso da Solidariedade em âmbito nacional, vai distribuir 3.200 cestas básicas e 40 toneladas de alimento.

Janete Luna da Silva, 46 anos, foi uma das beneficiadas. A munícipe faz pães em casa para vender, mas viu a renda cair com o avanço da pandemia. Das quatro pessoas que moram com ela, o marido e três filhos, quem não está desempregado está sem poder trabalhar por causa da quarentena. “Esta cesta chega em muito boa hora, tanto para mim quanto para as outras famílias”, relatou. Pastora, Janete auxiliou no cadastramento dos beneficiados. “Fizemos o cadastro de 100 <CF51>(famílias)</CF>, mas vieram mais cestas e quem estava aqui também recebeu”, completou.

Responsável por sete igrejas e 70 células na região, o administrador Phillip Guimarães, 35, explicou que as famílias foram contatadas previamente e receberam senhas para o atendimento. Cerca de 200 pessoas, entre fiéis e voluntários, trabalharam na captação das doações, montagem e entrega das cestas.

“Estamos recebendo doações na sede da nossa igreja, todos os dias, das 20h às 22h. Montamos um plantão e a pessoa não precisa nem descer do carro. A gente retira os alimentos e já abençoamos o veículo”, explicou Guimarães, que é bispo na igreja. O endereço é Rua Francisco Adamo, 80, Centro de São Bernardo.

FACULDADE DE DIREITO

Na Universidade Anhanguera, os alunos do curso de direito também estão arrecadando doações para famílias que tiveram perdas financeiras em meio à pandemia da Covid-19. Já foram cadastradas 50 famílias de Santo André, Mauá e da Zona Leste de São Paulo. Além de alimentos, também serão entregues produtos de higiene pessoal e limpeza e brinquedos para as crianças. “Começamos a idealizar na semana passada e logo fizemos artes para divulgarmos nas nossas redes sociais”, relatou a coordenadora do curso e idealizadora da iniciativa, Daniele Reis.

De acordo com a docente, a adesão dos alunos foi imediata e foram eles quem identificaram as famílias. “Também estamos prestando apoio para quem pode solicitar o auxílio do governo, tirando dúvidas e orientando”, concluiu.

As doações podem ser entregues nas quatro unidades da instituição. Em Santo André na Avenida Guaianazes, 351, Vila Homero Thon, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, e na Rua Bernardino de Campos, 188, Centro, de quinta-feira a sábado, das 12h às 17h. Em Mauá, na Rua Luiz Varin, 226, Vila Carlina, de segunda a quinta-feira, das 7h às 17h e na sexta-feira até às 16h; e na Rua Vicente Celestino, 1.136, Jardim Silvia Mauá, de segunda a sábado, das 13h às 19h. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;