Fechar
Publicidade

Sábado, 25 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

UTI infantil do Márcia Braido reabre dia 27 após ampliação

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Espaço, fechado há quase dois anos, passa a contar com quatro novos leitos, somando dez no total


Bia Moço
Especial para o Diário

20/10/2017 | 07:00


 A internação de crianças em UTI (Unidade de Terapia-Intensiva) em São Caetano ganhará o reforço de quatro leitos a partir do dia 27, quando será reaberta a ala no Hospital Infantil Márcia Braido. Com isso, a cidade passa a contar com dez leitos, sendo dois de isolamento, dedicado ao tratamento de pacientes que exigem cuidados mais intensos.

O anúncio foi feito na manhã de ontem pelo prefeito José Auricchio Júnior (PSDB), durante vistoria às obras. Segundo ele, a entrega da UTI pediátrica da unidade é fundamental para diminuir a mortalidade infantil da cidade. “Essa entrega tem uma representatividade muito grande no município, pois é a primeira UTI pediátrica pública em São Caetano. Além disso, e contribui para a derrubada da mortalidade infantil.”

Além dos novos leitos, o espaço – fechado para obras desde o fim de 2015 – contará com a renovação de toda a rede de gases medicinais, luzes em sistema LED, monitoramento cardíaco, e troca de todos os materiais que já estavam deteriorados.

CENTRO CIRÚRGICO

Outra obra vistoriada na manhã de ontem foi a reforma do centro cirúrgico do hospital, interditado desde 4 de janeiro, após constatação de falta de condições de funcionamento. A promessa é a de que o espaço seja entregue à comunidade no prazo de 90 dias.

São 480 m² subdivididos em seis salas cirurgicas, uma sala de recuperação pós-anestésica com sete leitos, uma ala pré-anestésica (que também pode ser chamada de admissão de pacientes) com dois leitos, dois espaços de descarte de lixo hospitalar, um banheiro para deficientes, farmácia, espaço de almoxarifado e área de descanso médico. O centro atenderá todos as especialidades cirúrgicas, exceto as ginecológicas.

Juntas, as duas obras demandam R$ 950 mil.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;