Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 29 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

diarinho@dgabc.com.br | 4435-8396

Ursinho precisa dormir em outro lugar


Juliana Ravelli
Do Diário do Grande ABC

03/07/2011 | 07:00


As pelúcias não podem dormir na cama com a gente, principalmente quando se é alérgico. Isso não quer dizer que não pode brincar com elas, mas o ideal é que permaneçam longe na hora da soneca. E pode ficar tranquilo, pois elas entendem e não vão se importar. Isso é necessário para que a alergia não piore.

Não adianta dar a desculpa de que os brinquedos são antialérgicos. Não estão livres de acumular pó e ácaros (minúsculos bichinhos que se alimentam de pele morta), vilões para quem tem o problema.

O tempo todo células velhas caem da pele (são tão pequenas que a gente não enxerga). Como passamos várias horas dormindo, elas se acumulam na cama e travesseiro; por isso, existe grande quantidade de ácaros nesses lugares. O ursinho de pelúcia que fica sobre a cama também é invadido por esses bichinhos.

Segundo especialistas, é importante manter os brinquedos em uma estante ou no guarda-roupa dentro de saco plástico e retirá-los apenas na hora de brincar. Além disso, é melhor comprar aqueles com pelagem curta ou outro material que junte menos sujeira.

A lavagem também tem de acontecer com frequência. Outra dica curiosa é colocar o bicho de pelúcia no congelador por cerca de 20 minutos após lavar e secar bem. O choque térmico (causado pela forte mudança de temperatura) mata a maioria dos ácaros.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;