Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Frente está próxima de se concretizar em Sto.André


Leandro Laranjeira
Do Diário do Grande ABC

22/12/2007 | 07:03


A frente partidária a qual vem sendo articulada em Santo André por PSB, PV, PHS, PSL e PRB deu um passo importante rumo à concretização em 2008.

Os presidentes dos cinco partidos se reuniram nesta semana com integrantes das respectivas executivas para aprovar a entrada do PMDB no bloco e deliberar acerca de outros assuntos pertinentes à essa união de forças, cujo objetivo é a eleição municipal do próximo ano.

O principal encaminhamento, porém, diz respeito à comissão a ser formada por três representantes de cada um dos partidos. O grupo terá a responsabilidade de apresentar um programa de governo formatado a partir de idéias em comum destas legendas. O objetivo é que a frente seja oficializada na primeira quinzena de janeiro.

“Foi uma demonstração de que não são apenas algumas pessoas que pensam neste projeto”, afirma José Ricardo, presidente do PSB, em resposta às críticas que a frente vem recebendo de filiados dos próprios partidos envolvidos. “A nossa intenção não é ser terceira via. Se tivermos de ser algo, seremos a primeira via. Não seremos coadjuvantes”, ressaltou.

Para Donizeti Pereira, dirigente do PV, a intenção da frente começa a ganhar forma. “Independentemente de termos candidatura própria ou nos alinharmos a outra força, quem encabeçar a chapa terá de abraçar o projeto de governo. Queremos ser protagonistas, influenciando na maneira de administrar a cidade. Estamos cansados de ser coadjuvantes.”

Levi Araújo, o Pastor Levi (PHS), está otimista. “As coisas estão acontecendo como havíamos sonhado, tomando proporção cada vez mais interessante. Temos de pensar com grandeza”, afirmou, acrescentando que a entrada do PMDB na frente não está vinculada exclusivamente ao lançamento da candidatura do vereador Sargento Juliano a prefeito, como chegou a ser ventilado.

José Evangelista (PSL) e Hamilton Cabral (PRB) destacaram a importância da participação dos filiados no processo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Frente está próxima de se concretizar em Sto.André

Leandro Laranjeira
Do Diário do Grande ABC

22/12/2007 | 07:03


A frente partidária a qual vem sendo articulada em Santo André por PSB, PV, PHS, PSL e PRB deu um passo importante rumo à concretização em 2008.

Os presidentes dos cinco partidos se reuniram nesta semana com integrantes das respectivas executivas para aprovar a entrada do PMDB no bloco e deliberar acerca de outros assuntos pertinentes à essa união de forças, cujo objetivo é a eleição municipal do próximo ano.

O principal encaminhamento, porém, diz respeito à comissão a ser formada por três representantes de cada um dos partidos. O grupo terá a responsabilidade de apresentar um programa de governo formatado a partir de idéias em comum destas legendas. O objetivo é que a frente seja oficializada na primeira quinzena de janeiro.

“Foi uma demonstração de que não são apenas algumas pessoas que pensam neste projeto”, afirma José Ricardo, presidente do PSB, em resposta às críticas que a frente vem recebendo de filiados dos próprios partidos envolvidos. “A nossa intenção não é ser terceira via. Se tivermos de ser algo, seremos a primeira via. Não seremos coadjuvantes”, ressaltou.

Para Donizeti Pereira, dirigente do PV, a intenção da frente começa a ganhar forma. “Independentemente de termos candidatura própria ou nos alinharmos a outra força, quem encabeçar a chapa terá de abraçar o projeto de governo. Queremos ser protagonistas, influenciando na maneira de administrar a cidade. Estamos cansados de ser coadjuvantes.”

Levi Araújo, o Pastor Levi (PHS), está otimista. “As coisas estão acontecendo como havíamos sonhado, tomando proporção cada vez mais interessante. Temos de pensar com grandeza”, afirmou, acrescentando que a entrada do PMDB na frente não está vinculada exclusivamente ao lançamento da candidatura do vereador Sargento Juliano a prefeito, como chegou a ser ventilado.

José Evangelista (PSL) e Hamilton Cabral (PRB) destacaram a importância da participação dos filiados no processo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;