Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 3 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

diarinho@dgabc.com.br | 4435-8396

É hora da bagunça!

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Do Diário do Grande ABC

11/03/2012 | 07:00


A palhaça Rubra é maluquinha e bagunceira. Não perde a oportunidade de sacudir o esqueleto e brincar com quem estiver perto dela. Acompanhada pela Banda Matinê, apresenta o Rubra Pop Show no sábado (17), às 16h, no Teatro Santos Dumont (Avenida Goiás, 1.111, tel.: 4221-8347), em São Caetano.

Durante o espetáculo, trazido à cidade pelo Sesc, a artista faz mais do que palhaçadas; canta músicas divertidíssimas em diferentes ritmos, como A Barriga da Minha Mãe Cresce e a do Meu Pai Sempre Aparece. Também adora improvisar (quando inventa algo na hora).

O bacana é que a plateia é parte fundamental da peça. Sabe por quê? A toda hora é convidada a participar das brincadeiras, pular de um lado para o outro e dançar. Assim, a festa fica completa. No quadro Show de Calouros, por exemplo, uma família tem de soltar o gogó. Ingresso: R$ 1,50 a R$ 6.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

É hora da bagunça!

Do Diário do Grande ABC

11/03/2012 | 07:00


A palhaça Rubra é maluquinha e bagunceira. Não perde a oportunidade de sacudir o esqueleto e brincar com quem estiver perto dela. Acompanhada pela Banda Matinê, apresenta o Rubra Pop Show no sábado (17), às 16h, no Teatro Santos Dumont (Avenida Goiás, 1.111, tel.: 4221-8347), em São Caetano.

Durante o espetáculo, trazido à cidade pelo Sesc, a artista faz mais do que palhaçadas; canta músicas divertidíssimas em diferentes ritmos, como A Barriga da Minha Mãe Cresce e a do Meu Pai Sempre Aparece. Também adora improvisar (quando inventa algo na hora).

O bacana é que a plateia é parte fundamental da peça. Sabe por quê? A toda hora é convidada a participar das brincadeiras, pular de um lado para o outro e dançar. Assim, a festa fica completa. No quadro Show de Calouros, por exemplo, uma família tem de soltar o gogó. Ingresso: R$ 1,50 a R$ 6.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;