Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 31 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Câmeras auxiliarão juízes em jogos de tênis


Do Diário OnLine

06/03/2006 | 18:59


A tecnologia finalmente chega a um dos esportes mais tradicionais do mundo: o tênis. A partir de agora, os tenistas poderão pedir para o juiz checar lances duvidosos em um replay. No Masters Series de Miami a novidade já será usada entre as mulheres e no Aberto dos EUA os homens também poderão fazer uso desse novo equipamento.

O sistema funcionará da seguinte maneira: cada jogador terá direito a pedir dois replays por set. Se estiverem corretos, o juiz volta atrás na decisão e ainda não desconta nenhum pedido. Se o jogador estiver errado, o jogo prossegue e ele perde direito a um pedido. No tié-break, cada tenista ainda poderá utilizar um pedido extra.

O nome da novidade é hawk-eye (olho de águia). Serão utilizadas imagens fixas nas linhas das quadras para que o juiz veja com detalhes se a bola pingou dentro ou fora.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Câmeras auxiliarão juízes em jogos de tênis

Do Diário OnLine

06/03/2006 | 18:59


A tecnologia finalmente chega a um dos esportes mais tradicionais do mundo: o tênis. A partir de agora, os tenistas poderão pedir para o juiz checar lances duvidosos em um replay. No Masters Series de Miami a novidade já será usada entre as mulheres e no Aberto dos EUA os homens também poderão fazer uso desse novo equipamento.

O sistema funcionará da seguinte maneira: cada jogador terá direito a pedir dois replays por set. Se estiverem corretos, o juiz volta atrás na decisão e ainda não desconta nenhum pedido. Se o jogador estiver errado, o jogo prossegue e ele perde direito a um pedido. No tié-break, cada tenista ainda poderá utilizar um pedido extra.

O nome da novidade é hawk-eye (olho de águia). Serão utilizadas imagens fixas nas linhas das quadras para que o juiz veja com detalhes se a bola pingou dentro ou fora.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;