Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 10 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Corte condena filho de Suharto por corrupçao na Indonésia


Do Diário do Grande ABC

27/09/2000 | 09:04


O filho menor do ex-presidente indonésio Suharto, Tommy, um rico homem de negócios considerado um símbolo do nepotismo do antigo regime, foi condenado a 18 meses de prisao por corrupçao pela Corte Suprema, informou um juiz nesta quarta-feira.

No entanto, a defesa ainda nao recebeu o comunicado, e revelou que pedirá a revisao da condenaçao. ``O veredicto foi enviado na manha de hoje (quarta-feira) ao tribunal da regiao sul de Jacarta'', disse o diretor de assuntos penais, Joko Sarwoko.

A decisao sobre Hutomo ``Tommy'' Mandala Putra, 37 anos, e o empresário Ricardo Gelael, foi tomada na sexta-feira.

Os dois homens sao acusados de causar um prejuízo de US$ 10,7 milhoes ao Estado, sobrecarregando a agência nacional de abastecimento Bulog.

Tommy Suharto, cuja fortuna foi estimada em US$ 800 milhoes, foi também acusado pelo presidente Abdhurrahman Wahid de estar envolvido em uma série de atentados em Jacarta. A polícia o interrogou e destacou que nao encontrou provas de sua implicaçao.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Corte condena filho de Suharto por corrupçao na Indonésia

Do Diário do Grande ABC

27/09/2000 | 09:04


O filho menor do ex-presidente indonésio Suharto, Tommy, um rico homem de negócios considerado um símbolo do nepotismo do antigo regime, foi condenado a 18 meses de prisao por corrupçao pela Corte Suprema, informou um juiz nesta quarta-feira.

No entanto, a defesa ainda nao recebeu o comunicado, e revelou que pedirá a revisao da condenaçao. ``O veredicto foi enviado na manha de hoje (quarta-feira) ao tribunal da regiao sul de Jacarta'', disse o diretor de assuntos penais, Joko Sarwoko.

A decisao sobre Hutomo ``Tommy'' Mandala Putra, 37 anos, e o empresário Ricardo Gelael, foi tomada na sexta-feira.

Os dois homens sao acusados de causar um prejuízo de US$ 10,7 milhoes ao Estado, sobrecarregando a agência nacional de abastecimento Bulog.

Tommy Suharto, cuja fortuna foi estimada em US$ 800 milhoes, foi também acusado pelo presidente Abdhurrahman Wahid de estar envolvido em uma série de atentados em Jacarta. A polícia o interrogou e destacou que nao encontrou provas de sua implicaçao.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;