Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 24 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Londres pode renunciar juros de dívidas de países pobres


Do Diário do Grande ABC

02/12/2000 | 12:44


A Gra-Bretanha propôs renunciar a seus direitos sobre os juros da dívida de 21 países pobres, desde que se comprometam com programas de luta contra a pobreza, confirmou neste sábado em Londres o ministro de Finanças, Gordon Brown.

Entre estes 21 países, ``muitos estao em guerra civil ou em conflito e nao temos garantias de que uma reduçao da dívida nao seja destinada a financiar armas de guerra em vez de programas de reduçao da pobreza'', explicou Brown.

``Atualmente propomos renunciar a nossos direitos sobre os juros de sua dívida, para economizar esse dinheiro de maneira que possamos entregá-lo quando - e espero que logo - forem aplicados estes programas'', adiantou.

A imprensa britânica informou sobre a proposta este sábado, lembrando que outros 20 países do terceiro mundo se beneficiaram de uma reduçao da dívida no total de 600 milhoes de libras (cerca de US$ 770 milhoes).

Uma manifestaçao em favor da reduçao da dívida dos países mais pobres, convocada pelo movimento Jubileu 2000, está prevista para esta tarde em Londres.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Londres pode renunciar juros de dívidas de países pobres

Do Diário do Grande ABC

02/12/2000 | 12:44


A Gra-Bretanha propôs renunciar a seus direitos sobre os juros da dívida de 21 países pobres, desde que se comprometam com programas de luta contra a pobreza, confirmou neste sábado em Londres o ministro de Finanças, Gordon Brown.

Entre estes 21 países, ``muitos estao em guerra civil ou em conflito e nao temos garantias de que uma reduçao da dívida nao seja destinada a financiar armas de guerra em vez de programas de reduçao da pobreza'', explicou Brown.

``Atualmente propomos renunciar a nossos direitos sobre os juros de sua dívida, para economizar esse dinheiro de maneira que possamos entregá-lo quando - e espero que logo - forem aplicados estes programas'', adiantou.

A imprensa britânica informou sobre a proposta este sábado, lembrando que outros 20 países do terceiro mundo se beneficiaram de uma reduçao da dívida no total de 600 milhoes de libras (cerca de US$ 770 milhoes).

Uma manifestaçao em favor da reduçao da dívida dos países mais pobres, convocada pelo movimento Jubileu 2000, está prevista para esta tarde em Londres.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;