Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Esteticista de S.Bernardo continua desaparecida


Evandro De Marco
Do Diário do Grande ABC

28/09/2010 | 07:13


As buscas pela esteticista Sulamita Scaquetti Pinto, 32anos, moradora da Vila Santa Terezinha, São Bernardo, foram encerradas pelo Coe (Comandos e Operações Especiais da Polícia Militar) na região do Montanhão onde acreditava-se que ela havia se perdido nó dia 16 depois de um suposto surto provocado pela falta de medicamento para depressão.

Agora, o trabalho para encontrar Sulamita fica a cargo da Polícia Civil e da família que, regularmente, faz ronda por hospitais e IMLs (Institutos Médicos Legais) da região. "É muito angustiante. cada um procura ajudar do jeito que pode. Não podemos deixar cair no esquecimento", afirma a professora Rosa Scaquetti, irmã da desaparecida.

A família se reveza nas buscas e tenta manter o foco na expectativa de notícias que já dura 12 dias. "Tem momentos em que alguns de nós temos que tomar até calmantes, mas os outros ajudam", diz Rosa.

Para tentar encontrar a esteticista, parentes, amigos e pessoas voluntárias providenciaram milhares de cartazes com a foto de Sulamita que estampam as paredes e janelas de vários estabelecimentos comerciais da região. "Temos recebido muita solidariedade. O Sindicato dos Vidreiros de São Bernardo, voluntariamente, fez mil panfletos para distribuirmos", revela a professora.

Para a polícia, qualquer divulgação da foto da desaparecida pode levar a uma pista de onde ela está. "Acreditamos que, como se passou bastante tempo, ela (Sulamita) pode estar já com aspecto de mendiga o que prejudicaria seu reconhecimento, mas toda ajuda é bem vinda", afirma o delegado Élcio Alvares, titular do 6º DP (distrito Policial), no Bairro Baeta Neves, onde as investigações estão concentradas.

Sulamita teria sido vista pela última vez pelo funcionário de um lava-rápido e um comerciante da Avenida

Pedro Mendes, próximo à Estrada do Montanhão, no Parque Seleta, no dia 16. Ela deveria ter buscado o filho na escola, mas desapareceu.

Para o delegado, a esteticista deve ainda estar perambulando por São Bernardo. "A informação que temos é de que ela está caminhando a pé e não poderia ter ido tão longe. O receio é ela ter pego alguma carona. Por isso, estamos atuando também em Santo André e São Caetano."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Esteticista de S.Bernardo continua desaparecida

Evandro De Marco
Do Diário do Grande ABC

28/09/2010 | 07:13


As buscas pela esteticista Sulamita Scaquetti Pinto, 32anos, moradora da Vila Santa Terezinha, São Bernardo, foram encerradas pelo Coe (Comandos e Operações Especiais da Polícia Militar) na região do Montanhão onde acreditava-se que ela havia se perdido nó dia 16 depois de um suposto surto provocado pela falta de medicamento para depressão.

Agora, o trabalho para encontrar Sulamita fica a cargo da Polícia Civil e da família que, regularmente, faz ronda por hospitais e IMLs (Institutos Médicos Legais) da região. "É muito angustiante. cada um procura ajudar do jeito que pode. Não podemos deixar cair no esquecimento", afirma a professora Rosa Scaquetti, irmã da desaparecida.

A família se reveza nas buscas e tenta manter o foco na expectativa de notícias que já dura 12 dias. "Tem momentos em que alguns de nós temos que tomar até calmantes, mas os outros ajudam", diz Rosa.

Para tentar encontrar a esteticista, parentes, amigos e pessoas voluntárias providenciaram milhares de cartazes com a foto de Sulamita que estampam as paredes e janelas de vários estabelecimentos comerciais da região. "Temos recebido muita solidariedade. O Sindicato dos Vidreiros de São Bernardo, voluntariamente, fez mil panfletos para distribuirmos", revela a professora.

Para a polícia, qualquer divulgação da foto da desaparecida pode levar a uma pista de onde ela está. "Acreditamos que, como se passou bastante tempo, ela (Sulamita) pode estar já com aspecto de mendiga o que prejudicaria seu reconhecimento, mas toda ajuda é bem vinda", afirma o delegado Élcio Alvares, titular do 6º DP (distrito Policial), no Bairro Baeta Neves, onde as investigações estão concentradas.

Sulamita teria sido vista pela última vez pelo funcionário de um lava-rápido e um comerciante da Avenida

Pedro Mendes, próximo à Estrada do Montanhão, no Parque Seleta, no dia 16. Ela deveria ter buscado o filho na escola, mas desapareceu.

Para o delegado, a esteticista deve ainda estar perambulando por São Bernardo. "A informação que temos é de que ela está caminhando a pé e não poderia ter ido tão longe. O receio é ela ter pego alguma carona. Por isso, estamos atuando também em Santo André e São Caetano."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;