Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 26 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Israel criará zonas proibidas perto da Cisjordânia


Das Agências

16/09/2001 | 15:31


O exército israelense decidiu criar "zonas tampão" ao longo da linha verde que separa o Estado hebreu da Cisjordânia, ocupada desde junho de 1967, informou neste domingo o chefe de estado maior, general Shaul Mofaz, a um canal de televisão privado israelense.

Este projeto havia sido elaborado há semanas pelo gabinete de segurança israelense. O general Mofaz disse que a medida deve entrar em vigor nas próximas semanas, quando toda pessoa que for encontrada nessas regiões será detida.

Um soldado israelense foi morto hoje e outro ficou ferido quando palestinos dispararam contra uma unidade de elite do Exército israelense em Ramallah, na Cisjordânia, anunciou um porta-voz militar.

Os palestinos dispararam contra soldados no momento em que detinham combatentes da Força-17, a guarda pessoal do presidente palestino Iasser Arafat, segundo o porta-voz.

Desde o início da Intifada, em setembro de 2000, morreram 810 pessoas, entre elas 621 palestinos e 166 israelenses.

Israel lançou ontem uma série de sete ataques simultâneos por ar, terra e mar contra áreas palestinas na faixa de Gaza, afastando ainda mais a perspectiva de uma reunião entre o presidente da Autoridade Palestina, Iasser Arafat, e o ministro das Relações Exteriores israelense, Shimon Peres, recusada pelo primeiro-ministro israelense Ariel Sharon.

Peres se reuniu à noite com Sharon, mas não conseguiu convencê-lo para que aprovasse uma reunião com Arafat, informou a televisão israelense.

A televisão não descartou, no entanto, que se realize uma reunião depois do 'Rosh Hashana', ano novo judaico, que se celebra este ano nas próximas terça e quarta-feira.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Israel criará zonas proibidas perto da Cisjordânia

Das Agências

16/09/2001 | 15:31


O exército israelense decidiu criar "zonas tampão" ao longo da linha verde que separa o Estado hebreu da Cisjordânia, ocupada desde junho de 1967, informou neste domingo o chefe de estado maior, general Shaul Mofaz, a um canal de televisão privado israelense.

Este projeto havia sido elaborado há semanas pelo gabinete de segurança israelense. O general Mofaz disse que a medida deve entrar em vigor nas próximas semanas, quando toda pessoa que for encontrada nessas regiões será detida.

Um soldado israelense foi morto hoje e outro ficou ferido quando palestinos dispararam contra uma unidade de elite do Exército israelense em Ramallah, na Cisjordânia, anunciou um porta-voz militar.

Os palestinos dispararam contra soldados no momento em que detinham combatentes da Força-17, a guarda pessoal do presidente palestino Iasser Arafat, segundo o porta-voz.

Desde o início da Intifada, em setembro de 2000, morreram 810 pessoas, entre elas 621 palestinos e 166 israelenses.

Israel lançou ontem uma série de sete ataques simultâneos por ar, terra e mar contra áreas palestinas na faixa de Gaza, afastando ainda mais a perspectiva de uma reunião entre o presidente da Autoridade Palestina, Iasser Arafat, e o ministro das Relações Exteriores israelense, Shimon Peres, recusada pelo primeiro-ministro israelense Ariel Sharon.

Peres se reuniu à noite com Sharon, mas não conseguiu convencê-lo para que aprovasse uma reunião com Arafat, informou a televisão israelense.

A televisão não descartou, no entanto, que se realize uma reunião depois do 'Rosh Hashana', ano novo judaico, que se celebra este ano nas próximas terça e quarta-feira.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;