Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 21 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Thiago Heleno pode ser a salvação na zaga alviverde


Das Agências

07/05/2012 | 07:13


Em 2011, o Palmeiras tinha uma defesa muito forte e a bola parada do volante Marcos Assunção como arma mortal. Na atual temporada, o torcedor vê um time com mais opções ofensivas, mas sem a mesma consistência defensiva. A solução para retomar o bom desempenho pode vir do departamento médico.

O zagueiro Thiago Heleno está recuperado das cirurgias nos dois pés e deverá estar à disposição para a partida contra o Paraná, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, em Barueri, na quarta-feira.

Assim, o técnico Luiz Felipe Scolari poderá escalar novamente a dupla de zaga formada por Henrique e Thiago Heleno, que foi titular no Brasileirão de 2011.

No torneio do ano passado, o Palmeiras levou apenas 39 gols em 38 jogos, média pouco superior a um tento por partida. Neste ano, os números são piores. São 24 jogos com 29 gols sofridos entre Campeonato Paulista e Copa do Brasil.

"Deixamos a desejar em algumas situações sim, fomos bem em alguns jogos e em outros nem tanto", analisou Henrique.

Neste ano, sem Thiago Heleno machucado, Felipão manteve Henrique no time, mas com a companhia de Leandro Amaro. Depois das falhas no fim da fase de classificação do Campeonato Paulista, Felipão decidiu mudar a defesa e Maurício Ramos passou a jogar.

"É indiferente quem joga, temos jogadores de qualidade. O Maurício, Thiago, Leandro, todos estão preparados", avisou Henrique.

Apesar de admitir que o sistema defensivo falhou nos últimos jogos, Henrique ainda tenta entender os motivos para a queda. "Se desse para entender (qual é o problema), resolveríamos logo. Estamos melhorando algumas coisas nos treinos e temos de fazer isso dar resultado em campo para voltarmos a ser a defesa do ano passado", disse o defensor.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Thiago Heleno pode ser a salvação na zaga alviverde

Das Agências

07/05/2012 | 07:13


Em 2011, o Palmeiras tinha uma defesa muito forte e a bola parada do volante Marcos Assunção como arma mortal. Na atual temporada, o torcedor vê um time com mais opções ofensivas, mas sem a mesma consistência defensiva. A solução para retomar o bom desempenho pode vir do departamento médico.

O zagueiro Thiago Heleno está recuperado das cirurgias nos dois pés e deverá estar à disposição para a partida contra o Paraná, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, em Barueri, na quarta-feira.

Assim, o técnico Luiz Felipe Scolari poderá escalar novamente a dupla de zaga formada por Henrique e Thiago Heleno, que foi titular no Brasileirão de 2011.

No torneio do ano passado, o Palmeiras levou apenas 39 gols em 38 jogos, média pouco superior a um tento por partida. Neste ano, os números são piores. São 24 jogos com 29 gols sofridos entre Campeonato Paulista e Copa do Brasil.

"Deixamos a desejar em algumas situações sim, fomos bem em alguns jogos e em outros nem tanto", analisou Henrique.

Neste ano, sem Thiago Heleno machucado, Felipão manteve Henrique no time, mas com a companhia de Leandro Amaro. Depois das falhas no fim da fase de classificação do Campeonato Paulista, Felipão decidiu mudar a defesa e Maurício Ramos passou a jogar.

"É indiferente quem joga, temos jogadores de qualidade. O Maurício, Thiago, Leandro, todos estão preparados", avisou Henrique.

Apesar de admitir que o sistema defensivo falhou nos últimos jogos, Henrique ainda tenta entender os motivos para a queda. "Se desse para entender (qual é o problema), resolveríamos logo. Estamos melhorando algumas coisas nos treinos e temos de fazer isso dar resultado em campo para voltarmos a ser a defesa do ano passado", disse o defensor.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;