Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Bush e Tony Blair discutem tensão no Oriente Médio


Das Agências

06/04/2002 | 14:05


O presidente dos Estados Unidos, George W.Bush, e o primeiro-ministro britânico, Tony Blair, se reuniram neste sábado no Texas para discutir a possibilidade de um cessar-fogo entre israelenses e palestinos.

Bush, em seu discurso semanal radiofônico, disse que está "firmemente empenhado em encontrar uma solução justa no caso Oriente Médio". Essa solução, segundo ele, "deve levar à criação de dois Estados — Israel e Palestina — que vivam um ao lado do outro em paz e segurança". "Mas essa meta jamais será alcançada através do terrorismo", acrescentou.

Lembrando que o secretário de Estado norte-americano, Colin Powell, viajará à região nos próximos dias, Bush destacou ainda que não ignorava a dificuldade de sua missão. "No entanto, nossa determinação é forte e trabalharemos com os países da região e com nossos aliados próximos, como a Grã-Bretanha, para pôr fim a esse conflito e iniciar uma era de paz", finalizou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bush e Tony Blair discutem tensão no Oriente Médio

Das Agências

06/04/2002 | 14:05


O presidente dos Estados Unidos, George W.Bush, e o primeiro-ministro britânico, Tony Blair, se reuniram neste sábado no Texas para discutir a possibilidade de um cessar-fogo entre israelenses e palestinos.

Bush, em seu discurso semanal radiofônico, disse que está "firmemente empenhado em encontrar uma solução justa no caso Oriente Médio". Essa solução, segundo ele, "deve levar à criação de dois Estados — Israel e Palestina — que vivam um ao lado do outro em paz e segurança". "Mas essa meta jamais será alcançada através do terrorismo", acrescentou.

Lembrando que o secretário de Estado norte-americano, Colin Powell, viajará à região nos próximos dias, Bush destacou ainda que não ignorava a dificuldade de sua missão. "No entanto, nossa determinação é forte e trabalharemos com os países da região e com nossos aliados próximos, como a Grã-Bretanha, para pôr fim a esse conflito e iniciar uma era de paz", finalizou.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;