Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 17 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Para Muricy, diretoria do Bétis é ingrata


Analy Cristofani
Do Diário do Grande ABC

14/08/2006 | 08:06


O São Paulo ainda não tem a confirmação de Ricardo Oliveira no comando do ataque na quarta-feira. Mas o técnico Muricy Ramalho deu mostras, domingo, de que o acerto está difícil. Segundo o treinador, o Bétis, que detém os direitos federativos, é ingrato, já que o atacante chegou ao Morumbi sem poder pisar e vai receber o atleta em totais condições.

“Quando chegou aqui, o Ricardo Oliveira não podia nem andar. Estamos entregando o atleta com 100% das condições. Não adianta ser um clube rico. É preciso ter estrutura.

O São Paulo conta com isso, o Bétis não”, irrita-se o comandante.  O jogador também demonstra insatisfação com a atitude do time espanhol. Tanto que deveria ter se apresentado ao Bétis no sábado, mas não viajou. Os dirigentes alegam que não podem aceitar uma renovação relâmpago temendo punição por desrespeito a algum estatuto da Fifa.

Segundo o diretor de Futebol do Tricolor, João Paulo de Jesus Lopes, o São Paulo não poderá fazer nada — e nem quer — se o Bétis insistir na sua posição. “O Ricardo não é mais jogador do São Paulo. Não vamos forçar nem incentivar uma atitude fora da legislação. Continuamos negociando pa-ra que ele jogue”, afirmou. (Com Agências)



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;