Fechar
Publicidade

Sábado, 28 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Mãe flagrada espancando filha se entrega nos EUA


Do Diário OnLine

22/09/2002 | 15:27


Madelyne Gorman Toogood, 25 anos, flagrada espancando sua filha, Marta, 5 anos, por uma câmera de segurança no estacionamento de um shopping, se entregou à polícia. Depois do flagrante, ela estava sendo procurada pela polícia dos Estados Unidos.

A mulher reconheceu aos policiais do Texas que agiu errado e que não é um “monstro”. Ela contou que tem outras três filhas que nunca foram agredidas e disse que a sua filha não pode pagar pelos erros da mãe. A menina está sob custódia do serviço de proteção infantil norte-americano.

Madelyne foi filmada batendo em sua filha dentro de um automóvel no estacionamento de um shopping na cidade de Mishawa. A mulher que a acompanhava no momento da agressão, sua irmã Margaret Dailey, foi presa acusada de não denunciar o crime.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mãe flagrada espancando filha se entrega nos EUA

Do Diário OnLine

22/09/2002 | 15:27


Madelyne Gorman Toogood, 25 anos, flagrada espancando sua filha, Marta, 5 anos, por uma câmera de segurança no estacionamento de um shopping, se entregou à polícia. Depois do flagrante, ela estava sendo procurada pela polícia dos Estados Unidos.

A mulher reconheceu aos policiais do Texas que agiu errado e que não é um “monstro”. Ela contou que tem outras três filhas que nunca foram agredidas e disse que a sua filha não pode pagar pelos erros da mãe. A menina está sob custódia do serviço de proteção infantil norte-americano.

Madelyne foi filmada batendo em sua filha dentro de um automóvel no estacionamento de um shopping na cidade de Mishawa. A mulher que a acompanhava no momento da agressão, sua irmã Margaret Dailey, foi presa acusada de não denunciar o crime.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;