Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Maradona pede que novo papa use fortuna da Igreja para alimentar pobres


Do Diário OnLine
Com Agências

06/04/2005 | 11:25


O ex-jogador argentino Diego Maradona pediu, em entrevista, que o novo papa use "as fortunas que estão no subterrâneo do Vaticano" para alimentar as crianças pobres da África e do resto do mundo. Ele lembrou que quando foi à sede da Igreja Católica, viu todo o ouro das construções milionárias.

"Peço a Deus, que é o único em que acredito, que traga um papa que tire o teto de ouro, tire as fortunas que estão no subterrâneo do Vaticano, e que dê de comer às crianças da África", disse Maradona em um programa de televisão argentino.

"Quando não tínhamos o que comer, minha mãe ia pedir o milagre à igreja e ao sair, o padre pedia uma contribuição para ela. É um negócio, embora respeite os que acreditam nela", destacou.

O capitão da seleção campeã mundial em 1986 também criticou o papa João Paulo II. "Eu sou contra o papa, que ia em todo o mundo, beijava o chão e não deixava nada. Ao contrário, ele se reunia com os presidentes e fazia pedidos. Para que, se Vaticano já é milionário?".

Maradona já está visivelmente mais magro. Ele disse que desde que fez uma cirurgia para a redução do estômago, perdeu 28 quilos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Maradona pede que novo papa use fortuna da Igreja para alimentar pobres

Do Diário OnLine
Com Agências

06/04/2005 | 11:25


O ex-jogador argentino Diego Maradona pediu, em entrevista, que o novo papa use "as fortunas que estão no subterrâneo do Vaticano" para alimentar as crianças pobres da África e do resto do mundo. Ele lembrou que quando foi à sede da Igreja Católica, viu todo o ouro das construções milionárias.

"Peço a Deus, que é o único em que acredito, que traga um papa que tire o teto de ouro, tire as fortunas que estão no subterrâneo do Vaticano, e que dê de comer às crianças da África", disse Maradona em um programa de televisão argentino.

"Quando não tínhamos o que comer, minha mãe ia pedir o milagre à igreja e ao sair, o padre pedia uma contribuição para ela. É um negócio, embora respeite os que acreditam nela", destacou.

O capitão da seleção campeã mundial em 1986 também criticou o papa João Paulo II. "Eu sou contra o papa, que ia em todo o mundo, beijava o chão e não deixava nada. Ao contrário, ele se reunia com os presidentes e fazia pedidos. Para que, se Vaticano já é milionário?".

Maradona já está visivelmente mais magro. Ele disse que desde que fez uma cirurgia para a redução do estômago, perdeu 28 quilos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;