Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 4 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Bares e restaurantes programam manifestações para esta quarta-feira



26/01/2021 | 22:32


Nesta quarta-feira, 27, bares e restaurantes programam manifestações na cidade de São Paulo contra as restrições implementadas pela revisão de fases do Plano São Paulo. A primeira está marcada para as 9h, na Avenida Paulista com a Consolação, organizada pelo Movimento Gastronomia Viva, apoiado pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel). A segunda, organizada pelo Sindicato dos Empregados em Hospedagem e Gastronomia de São Paulo e Região (Sinthoresp), acontecerá às 14h no vão livre do Masp.

Segundo os organizadores do protesto marcado para as 9h, a ideia é dispor mesas e cadeiras distanciadas em uma faixa do canteiro central, a fim de demonstrar que o funcionamento do setor, se observados os protocolos de segurança estabelecidos pelas autoridades sanitárias, não é o responsável pelo agravamento da pandemia do coronavírus.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bares e restaurantes programam manifestações para esta quarta-feira


26/01/2021 | 22:32


Nesta quarta-feira, 27, bares e restaurantes programam manifestações na cidade de São Paulo contra as restrições implementadas pela revisão de fases do Plano São Paulo. A primeira está marcada para as 9h, na Avenida Paulista com a Consolação, organizada pelo Movimento Gastronomia Viva, apoiado pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel). A segunda, organizada pelo Sindicato dos Empregados em Hospedagem e Gastronomia de São Paulo e Região (Sinthoresp), acontecerá às 14h no vão livre do Masp.

Segundo os organizadores do protesto marcado para as 9h, a ideia é dispor mesas e cadeiras distanciadas em uma faixa do canteiro central, a fim de demonstrar que o funcionamento do setor, se observados os protocolos de segurança estabelecidos pelas autoridades sanitárias, não é o responsável pelo agravamento da pandemia do coronavírus.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;